ISSN 0798 1015

logo

Vol. 38 (Nº 06) Año 2017. Pág. 17

Gestão ambiental dos processos produtivos e gestão de recursos naturais: análise dos artigos publicados em um encontro nacional brasileiro entre os anos de 2011 a 2015

Environmental management of production processes and management of natural resources: analysis of articles published in a Brazilian national meeting between the years 2011-2015

Thays Zigante FURLAN 1; Guilherme Fernando RIBEIRO 2; João Hugo MARTINS Trovão 3; Fernando Henrique LERMEN 4; Gustavo de Souza MATIAS 5

Recibido: 20/08/16 • Aprobado: 30/08/2016


Conteúdo

1. Introdução

2. Referencial teórico

3. Revisão da literatura

4. Procedimentos metodológicos

5. Análise dos resultados

6. Considerações finais

Referências

ANEXO A – Referência dos artigos selecionados para o estudo (Quadro 1)


RESUMO:

O objetivo desse trabalho foi realizar uma análise dos artigos publicados no Encontro Nacional de Engenharia de Produção (ENEGEP) entre os anos de 2011 a 2015, envolvendo estudos de gestão ambiental dos processos produtivos e gestão de recursos naturais. Dos 54 artigos selecionados e analisados identificou-se que os anos que apresentaram mais publicações foram os anos 2011 e 2012 com, aproximadamente, 30% e 22% dos artigos, respectivamente. A área de aplicação dos artigos envolvendo sustentabilidade foi a mais significativa, presente em, aproximadamente, 45% dos artigos publicados, seguido da área de conservação do meio ambiente com, aproximadamente, 37% dos artigos publicados.
Palavras-chave: sustentabilidade, meio ambiente, conservação do solo.

ABSTRACT:

The aim of this study was an analysis of the articles published in the National Production Engineering Meeting (ENEGEP) between the years 2011-2015, involving environmental management studies of production processes and management of natural resources. Of the 54 articles selected and analyzed it was found that the years had more publications were the years 2011 and 2012 with approximately 30% and 22% of articles respectively. The application area of articles involving sustainability was the most significant, present in approximately 45% of published articles, followed by environmental conservation area with approximately 37% of published articles.
Keys-words: sustainability, environment, soil conservation.

1. Introdução

Segundo Ventura (2010), o comportamento do consumidor nos últimos anos, no Brasil e na maioria dos países em desenvolvimento, diz respeito à preocupação em ter e manter uma vida saudável, segundo ele, há uma parcela crescente da população disposta em investir grande parte de seu tempo e de seus recursos em viver mais e melhor.

Para tanto, as empresas utilizam cada vez mais estratégias para conquistar o consumidor, devido ao crescente consumo na sociedade capitalista (LANDIN et al., 2016). De acordo com (SOARES et al., 2013) na construção de sua sustentabilidade, a empresa deve estabelecer uma visão de planejamento e de operação, em todas as suas ações, contemple o curto, o médio e o longo prazo.

Em virtude aos novos comportamentos e tecnologias, as produções de resíduos sólidos estão aumentando consideravelmente, além disso, grande parte destes permanece por centenas e milhares de anos no ambiente, causando não só uma crise ambiental como também um problema econômico e social (LANDIN et al., 2016).

Deliberal et al., (2015) questionam que a escassez de recursos naturais, proveniente do uso indiscriminado do meio ambiente, desafia gestores e tornou-se um imperativo no processo decisório das organizações. Dessa maneira, com intuito de minimizar os impactos ambientais resultantes da destinação dos resíduos, a gestão ambiental possui como princípio, propor adequadas destinações ambientais para as empresas, visando coibir tais problemas ambientais, por meio de diversas aplicações, tais como: manipulação, tratamento e descarte adequado desses resíduos (MOURA, 2008).

Para tanto, os princípios de sustentabilidade só conseguem agregar valor para as empresas se, e somente se, aplicados de maneira integrada a um conjunto de estratégias que visam a sustentabilidade na empresa (SOARES et al., 2013).

A partir dessa contextualização, o objetivo principal deste trabalho é realizar uma análise dos artigos publicados no Encontro Nacional de Engenharia de Produção (ENEGEP) entre os anos de 2011 a 2015, envolvendo estudos de gestão ambiental dos processos produtivos e gestão de recursos naturais.

O trabalho esta estruturado em sete seções. Na primeira, o trabalho é contextualizado e o objetivo é apresentado. Na segunda, tem-se o referencial teórico utilizado no desenvolvimento do trabalho, que contempla a gestão ambiental, gestão ambiental dos processos produtivos e gestão de recursos naturais. Na terceira, apresenta-se a revisão da literatura. Na quarta, tem-se os procedimentos metodológicos. Na quinta, apresenta-se a análise dos resultados. Por fim, tem-se as considerações finais e listam-se as referências utilizadas no trabalho.

2. Referencial teórico

2.1 Gestão ambiental

Criada por meio de transformações culturais na década de 60 e 70, a nova consciência ambiental, ganhou dimensão, principalmente, a partir da proteção ao meio ambiente como um dos princípios fundamentais do homem contemporâneo (BORGES; TACHIBANA, 2007). Segundo o autor, anteriormente, a instituição empresarial, apresentava e desenvolvia somente função econômica,  visando maximizar os  lucros  e  minimizar  seus  custos.

Contudo, a reformulação ambiental foi impulsionada por muitos fatores, Oliveira (2000) aponta alguns dos principais motivos responsáveis pela a conscientização ambiental das empresas, sendo eles:

Atualmente, com ênfase na sustentabilidade, a gestão ambiental, define-se em um sistema de administração empresarial com o intuito de preservar os recursos naturais e as características essenciais do entorno, de acordo com padrões de qualidade, entre a natureza e o homem (PHILIPPI, 2004; MOURA, 2008). Segundo Souza (2015) consiste em interpretar uma situação problemática de uma área dinâmica de seus componentes, que se relacionam aos elementos físicos, biológicos e aos fatores socioculturais.

A gestão ambiental, quando bem sistematizada, permite a redução de custos diretos e indiretos. Seus benefícios  são consequencias da diminuição do desperdício de matérias-primas e de recursos cada vez mais escassos e mais dispendiosos.

2.2 Gestão ambiental dos processos produtivos

O conceito de gestão ambiental dos processos produtivos vem sendo cada vez mais utilizado pelo setor privado e, na maioria das vezes, está associado às normas da série International Organization for Standardization – ISO 14000 e aos selos verdes (IBAMA, 2007), que segundo (CAJAZEIRA, 1997) correspondem a um Sistema de Gestão Ambiental (SGA) editado pela ISO, onde possuem como principal objetivo equilibrar a proteção ambiental e a prevenção de poluição com as necessidades sociais e econômicas.

De acordo com Phillip et al., (2004), para definir o grau de impacto ambiental natural, podemos fundamentar a gestão ambiental em três variáveis básicas: diversidade de extração; velocidade de extração e recuperação e tratamento dos resíduos. Para tanto, deve ser entendido, que a ideia de um sistema de gestão ambiental dos processos produtivos, baseia-se em um processo adaptativo e constante, cuja medida que a gestão ambiental progride, melhoram os indicadores de desempenho ambiental e o custo da gestão é reduzido.  

Segundo (JABBOUR et al., 2012), diversos são os fatores, que podem levar uma empresa a adotar práticas de gestão ambiental dos processos produtivos. Em suma, os resultados desse sistema vão além de sustentabilidade e manutenção da biodiversidade, uma vez, que parte dele, tratar, determinar e programar a política de meio ambiente (ALPERSTEDT et al., 2010).

As empresas industriais que procuram manter-se competitivas percebem cada vez mais que, diante das questões ambientais, são exigidas novas posturas, num processo de renovação contínua (SANCHES, 2000). Segundo o autor, a gestão ambiental dos processos produtivos de uma empresa, tem por intuito desenvolver estratégias que visam incluir a conservação de matérias-primas e energia, a eliminação de matérias-primas tóxicas e a redução da quantidade e toxicidade de resíduos e emissões antes de deixarem o processo.

Segundo Donaire (2010), a despreocupação com as exigências da legislação ambiental pode se traduzir em redução de lucros pela perda de competitividade no mercado, descrédito institucional e até cessação das atividades produtivas.

2.3 Gestão de recursos naturais

Todo recurso natural é um bem que provém da natureza e que o homem pode utilizar para satisfazer suas necessidades, sendo classificado em recurso natural renovável ou não renovável em função da capacidade de esgotamento (SENHORAS, 2009). Segundo Barbosa (2015), os recursos naturais não renováveis são os que não podem ser recolocados pelo homem ou renovados pelo próprio ambiente após sua exploração, em contrapartida, os recursos naturais renováveis são recursos naturais que, depois de sua exploração, podem voltar para seus níveis de estoque anteriores por um processo natural de crescimento ou reabastecimento.

Segundo Morais et al., (2015), o desenvolvimento de novas tecnologias proporcionou impactos bastante danosos ao meio ambiente e à vida das pessoas, por meio de descarte de pilhas e baterias, agrotóxicos, uso intensivo de combustível fóssil entre outros. Os autores ressaltam que faz-se necessário pensar coletivamente em alternativas que possam diminuir e, se possível, substituir o uso de recursos naturais na produção de produtos em geral.

 A partir do capital intelectual, é possível transformar a despesa com o meio ambiente através da reciclagem dos recursos. Nesse caso, leva-se em consideração a economia sustentável, associando-se a eficiência ao aumento da produtividade de forma sustentável (GARRIDO; VASCONCELLOS, 2016).

Nessa perspectiva, podemos entender que a gestão de recursos naturais é essencial para medir e controlar o uso consciente de fontes de energia dentro de um plano de desenvolvimento econômico e social que visa criar uma sociedade mais sustentável.

3. Revisão da literatura

Os autores Lima et al., (2016) desenvolveram sua pesquisa, por meio de um perfil de quinze produções científicas sobre o valor percebido, publicadas na base de dados Science Direct no período de 2011 a 2014. Segundo os autores, foram pesquisadas as características e finalidade dos artigos publicados, apontando os indicadores de publicação por periódico e autoria, bem como a metodologia e instrumentos de coleta de dados utilizados, os segmentos econômicos pesquisados e a classificação bibliográfica dos artigos.

De acordo com Lima et al., (2016) esse estudo mostrou que, a partir da análise realizada nos quinze artigos selecionados, todos eles apresentam contribuições relevantes ao tema a que se propõem. Verificou-se que 39% da produção se concentraram em 2011 e 100% dos artigos foram publicados em periódicos que trabalham com temas referentes ao contexto de gestão organizacional.

Na busca pelas publicações, Lima et al., (2016) utilizam o termo valor percebido em periódicos nacionais Capes e Perceived Value na base de dados da Science Direct.

No trabalho de CHIROLI et al., (2015) os autores realizaram uma análise sistemática dos estudos publicados sobre o tema problemas de programação e roteamento de caminhões com restrições de horário de trabalho. Sem recorte temporal, esse estudo, evidenciou oportunidades de pesquisa nacional e internacional voltado para o campo da roteirização de caminhões com restrições de horas de serviços. Para tanto, verificaram, que a produção científica que aborda essa temática ainda são escassa, pois foram encontradas apenas 28 publicações num período de 15 anos, e consequentemente, percebeu-se um aumento no número de publicações em 2009, passando de 2 em 2008 para 8 em 2009.  

Esse processo consistiu em encontrar pesquisas em bases de dados disponíveis na internet, utilizando um conjunto de palavras-chave associadas ao tema. Para tanto, se fez a estratificação, a fim de identificar os artigos mais relevantes. Nas buscas pelas publicações Chiroli et al., (2015) utilizaram os termos truck driver scheduling, driver scheduling, vehicle scheduling ehours of service regulations truck driver.

Outros autores que também realizaram uma análise da literatura ou revisão bibliográfica sistemática no que tange aos outros assuntos publicados destacam-se: Mirek et al., (2015) e Bender e Silva (2015), que serviram de base para este trabalho.

4. Procedimentos metodológicos

4.1 Classificação da pesquisa

Para classificação da pesquisa utilizou-se Gil (2001), Silva (2001) e Gil (2008). Do ponto de vista do objeto, a pesquisa classifica-se como bibliográfica. Do ponto de vista da sua natureza, classifica-se como uma pesquisa fundamental. Do ponto de vista da forma de abordagem do problema, trata-se de uma pesquisa qualitativa. Do ponto de vista de seus objetivos, assume o perfil de pesquisa exploratória. Do ponto de vista dos procedimentos técnicos, a pesquisa apresenta características de pesquisa bibliográfica.

4.2 Modelo de revisão sistemática

Neste trabalho utilizou-se o modelo de revisão sistemática apresentado por Biolchini et al., 2005, processo envolvendo três etapas, o planejamento da revisão sistemática, a execução e análise dos resultados. Na etapa de planejamento da revisão sistemática é o momento de definir o objetivo da pesquisa e criar o protocolo – que deve conter itens como a seleção de fontes (bases de dados), palavras-chave, métodos de busca (expressões lógicas), e definir os critérios de inclusão e exclusão (qualidade dos trabalhos). A etapa de planejamento da revisão sistemática contou com quatro fases, são elas: formulação do problema (objetivo da pesquisa), coleta de dados, avaliação dos dados e análise e interpretação dos dados. Na etapa de execução deve-se identificar os trabalhos encontrados e aplicar os critérios de inclusão e exclusão definidos no protocolo. Cabe a etapa de execução a leitura do título, resumo e conclusões dos trabalhos, seguido pela leitura do texto completo. Ao final dessa etapa, as informações são extraídas dos trabalhos identificados como incluídos. Por fim, na etapa de análise dos resultados são extraídos os resultados dos trabalhos.

4.2.1 Planejamento da revisão sistemática

4.2.1.1 Formulação do problema (objetivo da pesquisa)

O foco de interesse foi realizar uma análise dos artigos publicados no Encontro Nacional de Engenharia de Produção (ENEGEP) entre os anos de 2011 a 2015, envolvendo estudos de gestão ambiental dos processos produtivos e gestão de recursos naturais. Dessa forma objetivou-se identificar nos artigos os seguintes itens: autores e ano, área de aplicação, tipo de estudo, abordagem, instrumento para coleta/construção de dados, impacto ambiental, objetivo do trabalho e os resultados alcançados.

4.2.1.2 Coleta de dados

De acordo com a determinação inicial do objetivo da pesquisa na fase anterior, foi identificada a base de dado, as palavras-chave e as expressões lógicas de pesquisa a serem utilizados na análise dos artigos. Para identificar os trabalhos, as palavras-chave utilizadas foram: gestão ambiental, gestão ambiental dos processos produtivos e gestão de recursos naturais.

Para identificar, localizar e adquirir os trabalhos de interesse (artigos), utilizou-se o portal dos anais do Encontro Nacional de Engenharia de Produção (ENEGEP) disponibilizado pela Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO) que pode ser acessada através do link (www.abepro.org.br/publicacoes/).

4.2.1.3 Avaliação dos dados

A seleção dos artigos para análise aconteceu por meio da aplicação de critérios de inclusão/exclusão. Foram selecionados todos os artigos publicados entre os anos de 2011 a 2015. Os critérios de inclusão e exclusão definidos foram: leitura do título e do resumo. Quando a leitura do resumo não era suficiente para a inclusão ou exclusão de um trabalho, realizou-se a leitura do objetivo geral, dos objetivos específicos e do método, ou metodologia, utilizado para realização do artigo. A inclusão e exclusão foi realizada para selecionar os artigos envolvendo estudos de gestão ambiental dos processos produtivos e gestão de recursos naturais.

4.2.1.4 Análise e interpretação dos dados

Utilizou-se uma planilha do Microsoft Excel (planilha eletrônica) para auxiliar no cadastro dos artigos selecionados. Os artigos selecionados para o estudo foram identificados, classificados e as seguintes informações foram levantadas: nome do autor, ano do documento, área de aplicação (sustentabilidade, desastre ambiental, planejamento e gestão de recursos hídricos, conservação do meio ambiente, uso e ocupação do solo e saneamento básico), tipo de estudo (estudo de caso, pesquisa exploratória, pesquisa bibliográfica e pesquisa documental), abordagem, instrumento para coleta/construção de dados, impacto ambiental, objetivo do trabalho e os resultados alcançados. Aplicou-se filtros nos campos desse cadastro, de forma que os artigos pudessem ser buscados mais facilmente de acordo com a área de aplicação como, por exemplo, tipo de estudo, abordagem ou impacto ambiental.

4.2.2 Execução

Após selecionar os artigos de interesse obteve-se um total de 83 artigos. Aplicando-se os critérios de inclusão/exclusão (leitura do título e do resumo e, em alguns casos, leitura do objetivo geral, dos objetivos específicos e do método – ou metodologia) foram selecionados para o estudo 54 artigos publicados no Encontro Nacional de Engenharia de Produção (ENEGEP) entre os anos de 2011 a 2015 que envolveram estudos de gestão ambiental dos processos produtivos e gestão de recursos naturais. Realizou-se então uma revisão dos artigos não selecionados para garantir que artigos relevantes não tivessem sido excluídos. Os artigos excluídos são trabalhos que, de uma forma ou outra, não apresentaram relação com a temática da análise proposta neste artigo (gestão ambiental, gestão ambiental dos processos produtivos e gestão de recursos naturais).

5.  Análise dos resultados

No Quadro 1 pode-se observar a descrição dos 54 artigos selecionados com as informações nome do autor, ano do documento, área de aplicação (sustentabilidade, desastre ambiental, planejamento e gestão de recursos hídricos, conservação do meio ambiente, uso e ocupação do solo e saneamento básico), tipo de estudo (estudo de caso, pesquisa exploratória, pesquisa bibliográfica e pesquisa documental), abordagem, instrumento para coleta/construção de dados, impacto ambiental, objetivo do trabalho e os resultados alcançados. Devido a listagem extensiva dos artigos, as referências dos 54 artigos selecionados para o estudo encontram-se em anexo neste trabalho (ANEXO A – Referência dos artigos selecionados para o estudo).

Estudo de caso

AUTORES E ANO DE PUBLICAÇÃO

ÁREA DE APLICAÇÃO

TIPO DE ESTUDO

ABORDAGEM

INSTRUMENTOS PARA COLETA/CONSTRUÇÃO DE DADOS

IMPACTO AMBIENTAL

OBJETIVO DO TRABALHO

RESULTADOS ALCANÇADOS

Fortunado et al., (2011)

Sustentabilidade

Estudo de caso 

Geração de eletricidade do estrume da vaca com motor Jeanbacher: Um estudo de caso no município de Patos de Minas-MG

Este artigo teve como objeto de estudo o motor Jeanbacher 

Produtos não sustentáveis

Demonstrar a viabilidade econômica da produção de electricidade a partir de estrume de vaca usando o motor Jenbacher

O presente artigo demonstrou a viabilidade econômica da produção de electricidade a partir de resíduos (estrume) de vacas, através do gerador Jenbacher, desenvolvido por uma empresa especializada em inovações tradicionais

Affonso (2011)

Desastre ambiental

Estudo de caso

Desastres ambientais e reprodução social das condições vulneráveis

Questionário

Deslisamentos de terra e inundações

Analisar as perdas de patrimônio material na ocorrência desses fenômenos no distrito de Itaipava, em Petrópolis-RJ

Perdas materiais e imateriais bruscas, contudo mesmo após o acidente, as famílias convivem com práticas sociais que não colaboram para criar condições ambientais mais favoráveis

Gouvei, Radavelli e Hurtado (2011)

Planejamento e gestão de recursos hídricos

Pesquisa bibliográfica

Viabilidade de implantação de cisternas para captação de água de chuva no Caso Joinville-SC

Coeficiente de Runoff (C)

 Escassez de água potável 

Determinar a viabilidade do aproveitamento da água pluvial para usos não potáveis

Joinville por ser considerada uma região com alto índice pluviométrico, o armazenamento de água pluvial é constantemente abastecida pela chuva, portanto, uma forma adequada de armazenamento são as cisternas subterrâneas

Trierweiller et al., (2011)

Conservação do meio ambiental

Estudo de caso

 Relatório de Impacto Ambiental (RIMA): Estudo de caso em um campo de Golfe

RIMA 

Possiveis impactos ambientais na água e gramado no campo de Golfe

 Identificar às ações preventivas, mitigadoras e compensatórias de um campo de golfe com base na análise do RIMA da concorrente, com vistas a auxiliar a elaboração do RIMA da Sigma Golfe

Confirma-se a importância de um Sistema de Gestão Ambiental. Ademais, baseado no RIMA da Gama Golfe, para que a Sigma obtenha sucesso na qualidade ambiental, alguns resultados devem ser monitorados, principalmente, a água e o gramado

Bandeira e Bandeira (2011)

Planejamento e gestão de recursos hídricos

Pesquisa exploratória 

Alocação de recursos hídricos para otimização da exploração de recursos naturais

 Bacia hipotética com auxílio do software MatLab 

Impacto ambiental

Propor uma metodologia de exploração de recursos naturais que aborde a incorporação de externalidades no planejamento e na gestão dos Recursos Hídricos

Para as condições estabelecidas, foi possível a exploração conjunta de recursos naturais renováveis e não renováveis, mantendo-se parâmetros quantitativos e qualitativos nos recursos hídricos da bacia

Mello (2011)

Planejamento e gestão de recursos hídricos

Estudo de caso

O planejamento por backcasting – Um estudo do sistema de águas e esgotos de Florianópolis-SC

backcasting e software Stela II®

Escassez de água e precariedade no saneamento básico 

Realizar planejamentos inovadores de sistemas de abastecimento de água e de esgotamento sanitário em cidades brasileiras que ainda não tem esse serviço

Este trabalho teve por intuito desenvolver mais uma ferramenta operacional que permite projetar o futuro do sistema de abastecimento e tratamento de efluentes de um município, antevendo problemas e oportunidades de atendimentos à população e ao setor produtivo, projetando as ações na área ambiental e desenhando a sustentabilidade financeira do sistema

Povoa e Tosta (2011)

 Conservação do meio ambiente

Estudo de caso

Valoração contingente do gasoduto Cacimbas-Catu na reserva da biosfera da Mata Atlântica em São Mateus/ES

Questionário

 Impactos ao meio antrópico, ao meio biótico, ao meio abiótico

Determinar o valor econômico dos impactos e, ou danos ambientais relacionados à operação do duto de transporte Cacimbas-Catu, localizado na cidade de São Mateus-ES

Através da aplicação dos questionários à população local, constatou-se que variáveis como renda e escolaridade influenciam diretamente na disposição a pagar pela conservação do meio ambiente

Grzebielu, Campos e Selig (2011)

Conservação do meio ambiente

Estudo de caso

  Cultivo de mangaba Hancornia speciosa gomes para agregação de valor sustentável às pequenas propriedades rurais: uma análise de viabilidade econômica

Técnica de análise de viabilidade econômica: Payback e entrevistas

Uso e manejo não adequado aos recursos naturais

 Desenvolver uma análise de viabilidade econômica com o cultivo da mangabeira como forma de agregação de valor de forma sustentável para as pequenas propriedades rurais

O cultivo da mangaba apresentou grande potencial econômico e baixa agressividade ao meio ambiente, proporcionando oportunidade de recuperação de áreas degradadas com o plantio da fruta, garantindo maior sustentabilidade, principalmente para as regiões de cerrado já que a planta se adapta bem àquele bioma

Bispo e Levino (2011)

Uso e ocupação do solo 

Estudo de caso

Impactos ambientais decorrentes do uso e ocupação desordenada do solo: Um estudo da região da periferia de Maceió-AL

Questionário

Uso e manejo não adequado aos recursos naturais

 Analisar o processo de degradação sócio ambiental decorrente da relação entre aumento do grau de urbanização e a impermeabilização das superfícies urbanas na região da periferia do município de Maceió-AL

Observou-se que os órgãos responsáveis pelo uso do solo urbano seguem políticas para autorização do uso, no entanto, não foram constatamos estudos de impactos ambientais, e nem de políticas de monitoramento das áreas não específicas para edificações.

Ramos, Behr e Goulart (2011)

Sustentabilidade

Estudo de caso

Arroz biodinâmico: Uma estratégia inovadora na busca de vantagens competitivas 

Questionário

Produtos não sustentáveis 

Analisar a adoção dos fundamentos da agricultura biodinâmica na produção de arroz irrigado, como forma de adequar-se a padrões de produtos saudáveis

Com base nos dados obtidos através do estudo realizado, constatou-se que o arroz biodinâmico (produzido mediante a técnica da agricultura biodinâmica) além de provocar um menor impacto ambiental, ainda apresenta a vantagem de elaborar um produto diferenciado e mais saudável, oportunizando ao produtor o recebimento de um preço premium

Santos e Santos (2011)

Conservação do meio ambiente

Estudo de caso

Degradação causada ao meio ambiente por obra de drenagem portuária em Suape-PE

Análise teórica 

Impactos ambientais, em prol das obras de dragagem portuária

Analisar a degradação causada ao meio-ambiente por obra de dragagem portuária, no porto de Suape-PE a partir de uma abordagem comparativa dos períodos de 1985 a 1986 e 2008 a 2009

Houve muita degradação ao meio ambiente na região do Complexo Portuário de Suape. Para a implantação de suas várias fases, algumas mostram-se de acordo com a legislação vigente da época, entretanto, outras não com as novas legislações

Pessanha, Alves e Shimoda (2011)

Saneamento básico 

Pesquisa bibliográfica

Beneficíos econômicos do saneamento básico para o município de Campos dos Goytacazes-RJ

Coleta de dados na Secretaria de Saúde do município

Impactos ao meio antrópico

Estimar o custo envolvido com o tratamento de pessoas acometidas de doenças relacionadas à falta de saneamento básico nos hospitais públicos municipais de Campos dos Goytacazes-RJ

Os resultados obtidos sugerem que o município deveria investir esforços para a construção de um sistema de saneamento básico mais eficiente, o que resultaria em redução de gastos e maior qualidade de vida para a população

Moura (2011)

Sustentabilidade

Estudo de caso

Inovação tecnológica agregando valor às potencionalidades amazônicas: o caso da Amazon Dreams

Entrevistas

Impacto ambiental

Analisar um desenvolvimento regional a partir de uma perspectiva endógena, capaz de agregar valor às potencialidades da Amazônia

Para essa economia, a eficiência não pode limitar-se aos benefícios materiais de um empreendimento, tal economia é um importante instrumento de combate à exclusão, provando que é possível organizar a produção e a reprodução da sociedade de modo a eliminar as desigualdades materiais e difundir os valores da sociedade humana

Barbosa e Reis (2011)

Sustentabilidade

Pesquisa exploratória

Desenvolvimento de uma tecnologia para implantação de um programa de gestão energética na  Universidade Estadual de Santa Cruz-BA: Uma aplicação do método  Mesure Analyse and Improve (DMAIC)

Método DMAIC

Impactos ambientais

Demonstrar uma metodologia que possa ser aplicada na Universidade Estadual de Santa Cruz, visando à redução do uso ineficiente de energia elétrica e consequente diminuição da demanda energética por meio de um projeto de gestão energética

O trabalho buscou definir uma metodologia para implementação de um programa de gestão energética

Ponce, Rodrigues e Rebelato (2011)

Sustentabilidade 

Estudo de caso

Analise de programas de coleta  seletiva municipal sob a ótica da logítica reversa: Estudo das práticas adotadas por quatro cidades Norte-Americanas

Análise teórica 

Impacto ambiental

Realizar uma análise de dados secundários de programas de coleta seletiva municipal implantados em quatro cidades dos Estados Unidos: New York-NY, Washington-DC, Santa Monica-CA e Miami-FL

A comparação dos quatro programas revela grandes semelhanças entre eles. Em todos os casos, a prefeitura tem alta participação e as estratégias adotadas para a coleta são bastante parecidas, como a disponibilização de lixeiras e a aplicação de multas para os infratores

Lima, Macedo e Pimenta (2011)

Conservação do meio ambiente  

Estudo de caso 

Percepção das imobiliárias sobre as práticas de gestão ambiental como um fator de competitidade 

Entrevistas

Recursos não sustentáveis 

 Avaliar a percepção dos corretores de imóveis em relação às práticas ambientais adotadas pelos empreendimentos imobiliários

De acordo com os resultados, a maioria das práticas de Gestão Ambiental. adotadas pelos expositores apresentam em um nível ainda reativo, buscando atender basicamente aos regramentos urbanísticos e ambientais. Além disso, foi observada uma carência no conhecimento ambiental especifico por parte dos representantes comerciais, além de estratégias de marketing ambiental

Cavalcanti (2012)

Sustentabilidade

Pesquisa bibliográfica

Mercado de créditos de carbono e produção de suínos

Análise teórica 

Impacto ambiental

Causas da perda de atratividade de projeto de Mecanismo de Desenvolvimneto Limpo (MDL)

Incerteza sobre o que vai acontecer após o ano 2012, em relação a um acordo climático global para substituir ou complementar o Protocolo de Quioto, tornou-se um fator importante para o futuro do MDL 

Medeiros et al., (2012)

Sustentabilidade  

Estudo de caso

Utilização de eco-inovações como ferramentas de gestão de recursos naturais na construção civil 

Entrevistas

Recursos não sustentáveis 

 Verificar e tipificar as eco-inovações adotadas e identificar as respectivas etapas do processo produtivo e as condições nas quais essas eco-inovações foram incorporadas.

A adoção de eco-inovações proporciona ganhos ambientais para a sociedade porém sua eficiência como ferramenta de gestão de recursos naturais na construção civil poderá ser melhor verificada, visando a eliminação, a redução ou o reuso dos resíduos sólidos produzidos nas diferentes fases do projeto de construção civil

Bittencour e Jungles (2012)

Sustentabilidade 

Estudo de caso

Diagnóstico de responsabilidade ambiental no processo de execução de obras de empresas construtoras de micro, pequeno e médio porte 

Entrevistas

Recursos não sustentáveis 

Identificar o desempenho ambiental das empresas construtoras do subsetor edificações da grande Florianópolis-SC durante o processo de execução de obra

Observou-se, no estudo a existência de uma responsabilidade ambiental tanto por parte das micro e pequenas empresas quanto por parte das empresas de médio porte. Vários são os motivos, dentre elas podem ser citadas a necessidade de aceitação no mercado e de satisfazer o clientes; a facilidade em se obter financiamentos e redução de custos, e os incentivos governamentais

Tiscoski e Campos (2012)

Conservação do meio ambiente  

Estudo de caso 

Avaliação de impactos ambientais: Um estudo na operação do porto de Itajaí-SC

Metodologia: Sistema de Gestão e Avaliação de Desempenho Ambiental (SGADA)

Impacto ambiental

 Avaliar aspectos e impactos ambientais presentes nas atividades de produção do Porto de Itajaí-SC

Os resultados mais expressivos apontam para a contaminação da água envolvendo a utilização de efluentes líquidos oleosos e a potencialidade de acidentes gerados por incêndios, embora este impacto possa ser amenizado por meio de programas e ações emergenciais já implantadas

Araujo, Santos e Brito (2012)

Sustentabilidade 

Pesquisa exploratória 

A gestão ambiental como processo da qualidade: Uma proposta de integração 

Análise teórica 

Impacto ambiental

Propor um modelo de inclusão da gestão ambiental como um processo pertencente ao sistema de gestão da qualidade

Apresentou uma metodologia inovadora que permite integrar os controles operacionais ambientais ao sistema de qualidade, garantindo à empresa a gestão adequada e eficaz dos recursos ambientais sem a necessidade da implantação de um sistema de gestão ambiental

Junior, Almeida e Medeiros (2012)

Sustentabilidade 

Estudo de caso 

Gestão de estoques para indústria salineira 

Questionários 

Impacto ambiental

Aplicar modelagem digital na gestão de estoques de sal com vistas nos benéficos/malefícios ocasionados pelo precisão da modelagem

A modelagem digital pode ser utilizada adequadamente para medições de pilhas, além de auxiliar a gestão e controle de estoques de recursos naturais como o sal

Taube, Sehenm e Cericato (2012)

Conservação do meio ambiente

Estudo de caso

Viabilidade econômica de pequenas propriedades rurais enquadradas devidamente no código florestal brasileiro: Estudo de caso na linha pessegueiro, município de Guarujá do Sul-SC

Análise teórica 

Impacto ambiental

 Quantificar e avaliar o impacto econômico em uma propriedade rural localizada na Linha Pessegueiro, município de Guarujá do Sul-SC

A pesquisa revelou que a falta de orientação e planejamento são causas do insucesso após a legalização das áreas ao Código Florestal

Moura e Campos (2012) 

Conservação do meio ambiente 

Pesquisa documental 

A influência da gestão da qualidade ambiental nas atitudes sustentáveis de consumidores de veículos novos 

Entrevistas 

Impacto ambiental

Compreender como são percebidos os investimentos ambientais no setor automobilístico na visão dos consumidores

Nota-se uma preocupação consciente sobre a degradação ambiental ao longo do tempo e mudança de atitude que precedem campanhas de conscientização como, por exemplo, reciclagem; lixo seletivo; extinção sacolas plásticas; consumo de água e energia, entre outros 

Zoldan e Lima (2012)

Sustentabilidade 

Estudo de caso

A classificação sustentável dos resíduos madeireiros otimizando os processos: Estudo de caso

Entrevistas

Impacto ambiental

Analisar a importância da otimização dos processos de produção através da modernização de equipamentos e utilização de novas tecnologias

Os resultados mostram necessidades de empregar técnicas de seleção de materiais e seus resíduos, garantindo desse modo uma produção mais sustentável no setor

Kalb et al., (2012) 

Conservação do meio ambiente

Estudo de caso

A gestão ambiental empresarial no varejo da ótica do consumidor - O caso de uma empresa de varejo internacional 

Entrevistas 

Impacto ambiental

Verificar se as ações de gestão ambiental no varejo de alimentos são percebidas pelo consumidor

As ações de gestão ambiental da empresa ainda não são fatores determinantes no momento da escolha do local de compra pelos consumidores, mas contribuem na construção de uma imagem positiva da mesma

Camargo et al., (2012)

Conservação do meio ambiente 

Estudo de caso

Políticas públicas ambientais nos municípios: Uma análise de agrupamentos nos municípios de Mato Grosso do Sul

Metodologia de clusters

Impacto ambiental

 Analisar se há existência ou não de órgão ambiental nos municípios de Mato Grosso do Sul e quais características influenciam este processo 

O grau de escolaridade influencia na decisão de se ter ou não um órgão gestor de meio ambiente. À hipótese nula concluiria que não há correlação entre escolaridade dos gestores

Neto et al., (2012)

Sustentabilidade 

Pesquisa exploratória 

Práticas de logísticas reversas de produtos lácteos no estado do Mato Grosso do Sul: Um estudo comparativo entre empresas supermercadistas de capital estrangeiro 

Entrevistas 

Impacto ambiental

Descrever de forma comparativa, às práticas da logística reversa que as empresas desenvolvem com relação aos seus produtos lácteos

Torna-se necessária a criação de legislações mais específicas quanto a este canal nos produtos lácteos e também a partilha das informações para outros varejistas em seus mais variados e respectivos mercados

Piazza, Figueiredo e Goulart (2013)

Sustentabilidade

Estudo de caso

Modelo referencial para análise de desempenho ambiental de empresas no setor têxtil 

Entrevistas

Impacto ambiental

Analisar as empresas do ramo têxtil no que se refere ao seu desempenho ambiental

A gradativa busca de uma melhor qualidade ambiental é um dos fatores que mais tem levado empresas a buscar tecnologias limpas, matérias-prima menos agressivas ao meio ambiente, entre outras

Ouriques e Malanovicz (2013)

Conservação do meio ambiente

Estudo de caso

Problemas gerados em decorrência da ocupação urbana no parque estadual Delta do Jacuí

Comparações por meio de imagens de satélites 

Impacto ambiental

Analisar os impactos ambientais causados no Parque Estadual Delta do Jacuí em decorrência da ocupação urbana

Percebe-se a necessidade de soluções por parte do poder público, que haja fiscalização intensa, para que os problemas já feitos não sejam agravados, e que haja uma punição real para quem não cumpre a lei

Nascimento, Nascimento e Pereira (2013)

Conservação do meio ambiente

Estudo de caso

Planejamento de um sistema de gestão ambiental: Um estudo de caso em uma microempresa Moveleira

Entrevistas

Impacto ambiental

Elaborar o planejamento de um Sistema de Gestão Ambiental estruturado na ISO 14001 (2004) em uma microempresa do setor moveleiro

A implementação de ação que mitiguem os impactos ambientais torna-se possível quando assumidos com responsabilidade pela empresa e quando essa observa que não é preciso um alto investimento para evitar a degradação do meio ambiente

Jacomel, Rodrigues e Silva (2013)

Sustentabilidade

Estudo de caso

Sustentabilidade ambiental e Avaliação do Ciclo de Vida (ACV) de produto: Estudo comparativo entre duas embalagens

 Software GaBi 4

Produtos não renováveis 

Analisar o ciclo de vida de dois diferentes tipos de embalagens para avaliar os impactos ambientais gerados por cada produto

A produção da embalagem, tanto de papelão quanto do plástico, envolve gasto de energia e de matérias primas e a sua produção gera subprodutos, prejudiciais à saúde, assim como poluição, contudo o plástico consegue ser menos impactante 

Soares et al., (2013)

Conservação do meio ambiente

Estudo de caso

O FMEA como método de avaliação do risco ambiental: Um estudo de caso em uma lavanderia na região de Natal-RN

Método FMEA

Impacto ambiental

Identificar os impactos ambientais encontrados no segmento de lavanderias

Alto consumo de energia e água ocasionam um impacto relevante para a sociedade local, bem como a contaminação do solo e do lençol freático devido a mistura de componentes químicos na água, onde sendo descartados no meio, sem devido tratamento

Urtiga et al., (2013)

Planejamento e gestão de recursos hídricos 

Pesquisa exploratória

Modelo de alocação e negociação de recursos hídricos em regiões semi-áridas

Solução de Kalai-Smorodinsky

Escassez de água potável 

Propor um modelo de alocação de água para regiões que a agricultura é o motor da economia local e que a disponibilidade do recurso é limitada

Este trabalho trouxe uma solução para a divisão da água, estabelecendo critérios para que a divisão seja feita de maneira equilibrada 

Viana et al., (2013)

Conservação do meio ambiente

Estudo de caso

Análise do gerenciamentos dos resíduos do serviço de saúde do município de Bom Jesus do Itabapoana-RJ

Entrevistas

Impacto ambiental

Analisar o modelo de gerenciamento dos resíduos dos serviços de saúde no município de Bom Jesus do Itabapoana-RJ e propor melhorias no processo de eliminação destes

Bom Jesus do Itabapoana precisa de investimentos na área de saúde, para que possa garantir o gerenciamento de resíduos do serviço de saúde com qualidade

Lourenco e Lima (2013)

Sustentabilidade

Estudo de caso

Logística reversa de resíduos vítreos: Um estudo de caso do processo implementado na unidade de beneficiamento e reciclagem de materiais vítreos 

Entrevistas

Impacto ambiental

Analisar o processo de logística reversa de resíduos vítreos implementado na unidade de beneficiamento e reciclagem de materiais vítreos no município de Campina Grande-PB

Este processo de logística reversa implementada pode agregar valor aos resíduos vítreos arrecadados pelas catadoras, e, por conseguinte, possibilitar uma fonte de renda

Jorge e Junior (2013)

Sustentabilidade

Pesquisa bibliográfica

Questões de biossegurança no milho transgênico 

Pesquisa bibliográfica

Escassez de recursos naturais

 Discutir as vantagens e desvantagens em relação à segurança do plantio de milho transgênico

A biossegurança deveria ser entendida como biorrisco associado aos produtos de novas tecnologias, em particular dos Organismos Geneticamente Modificados (OGM). Sendo o biorrisco entendido como o risco de ocasionar modificações em outros organismos próximos às plantações OGM, podendo colocar em risco a genética de outros organismos vivos próximos dessas lavouras

Junior et al., (2013)

Sustentabilidade

Pesquisa exploratória

Validação da técnica analítica de cromatografia líquida de alta eficiência para identificação de nonilfenol em amostra dopada em nível de contaminante 

Método: High Performance Liquid Chromatography-HPLC

Impacto ambiental

 Validar uma metodologia de identificação com a utilização do Cromatografia líquida de Alta Eficiência-HPLC de maior acessibilidade e de eficiência semelhante

A técnica utilizada mostrou-se adequada para a identificação do nonilfenol, apresentando uma curva com coeficiente de correlação igual a 0,9963, considerado muito satisfatório em experimentos laboratoriais

Silva e Brito (2013) 

Sustentabilidade  

Estudo de caso

Análise do programa de coleta seletiva da Universidade Federal de Sergipe-SE

Produção de squeezes

Impacto ambiental 

Desenvolver o projeto de coleta seletiva na instituição 

Este artigo contribuiu para a conscientização da comunidade acadêmica na preservação dos recursos naturais 

Salgado e Colombo (2014)

Sustentabilidade

Estudo de caso

Sistema de Gestão Ambiental (SGA) no setor hoteleiro: Um estudo de caso no Verdegreen Hotel

Entrevistas

Impacto ambiental

 Caracterizar o SGA do Verdegreen Hotel, reconhecido nacionalmente por suas ações sustentáveis, a partir de análise de conteúdo

Os resultados mostram o quão estruturado o hotel está em relação ao seu SGA, atuando de forma clara, documentada e disseminada entre os colaboradores

 Grzebieluc (2014)

Sustentabilidade 

Estudo de caso 

Potencial frutífero e de biomassa as plantas e Mangaba e Murici pelo sistema de plantio: Um estudo no cerrado goiano 

Entrevistas

Impacto ambiental

Analisar a produção de mangaba e murici no sistema de plantio e estimar a biomassa e o carbono das plantas

Identificou-se que os custos que mais influenciaram na implantação do cultivo de mangaba e murici foram as máquinas e equipamentos seguido pelas mudas, e os de manutenção mão-de-obra e o custo da terra

Nascimento, Nascimento e Pereira (2014)

Sustentabilidade

Estudo de caso

Proposição de um plano e gerenciamento resíduos sólidos em micro empresa do ramo gráfico 

Entrevistas 

 Escassez de recursos naturais

 Propor um plano de gerenciamento de resíduos em uma empresa do setor gráfico no município de Natal-RN

Ações simples e planejadas podem trazer benefícios para o meio ambiente reduzindo o impacto ambiental, além de reduzir custos por desperdícios de recursos

Deliberal et al., (2014)

Conservação do meio ambiente

Pesquisa bibliográfica

Uma revisão integrativa da literatura Natural Resourced-Based view

Pesquisa bibliográfica

Impacto ambiental

 Verificar quais foram os estudos realizados sobre a Natural Resource-Based View a partir da proposta desenvolvida por Hart (1995)

O estudo demonstrou um interesse crescente ao longo dos anos sobre a temática discutida, tanto por parte dos pesquisadores quanto pelos diversos periódicos da área de gestão

Jesus e Hill (2014)

Sustentabilidade 

Pesquisa bibliográfica 

A importância dos fertilizantes na análise do ciclo de vida dos produtos: Um olhar sobre as publicações científicas  

Pesquisa bibliográfica e base de dados Scopus

Produtos não renováveis 

 Estabelecer uma revisão de literatura dos últimos dez anos sobre os impactos associados à temática dos fertilizantes, avaliados sob a dinâmica metodológica da Análise do Ciclo de Vida (ACV)

Os principais resultados apontam para um crescimento exponencial da pesquisa em análise de ciclo de vida associada aos fertilizantes, bem como para uma liderança da Espanha nas pesquisas desenvolvidas no tema

Sabia, Lima e Junior (2015)

Planejamento e gestão de recursos hídricos

Pesquisa exploratória 

Método Analytic Hierarchy Process (AHP) aplicado a pegada hidráulica na região metropolitana Carari 

Método AHP

Escassez de água potável 

Discutir estratégias essenciais para o desenvolvimento regional de forma sustentável e equilibrada em Carari

Na Região Metropolitana do Cariri, verifica-se através da aplicação do método AHP, que o critério intangível foi determinante, com a influencia de 80%. Sendo a alternativa imagem corporativa a escolhida, com 51,2%

Lima, Gomes e Franco (2015)

Conservação do meio ambiente 

Estudo de caso

Avaliação de aspectos e impactos ambientais da lavagem de carros às margens do rio Parnaíba em Terezina-PI

Análises físico químicas

Impacto ambiental 

Identificar e avaliar os aspectos e impactos ambientais causados pelo processo de lavagem de carros às margens do Rio Parnaíba

A água captada para processo de lavar carros, apresenta alguns índices dentro dos valores médios permitidos, mas o processo altera bastante esses níveis, deixando alguns em escala muito superior a desejada

Moura et al., (2015)

Conservação do meio ambiente 

Estudo de caso

Avaliação a partir da análise de regressão da influência de parâmetros meteorológicos da poluição atmosférica de MP-10 em um ponto de Belo Horizonte-MG

Pesquisa em laboratório 

Impacto ambiental 

Modelar estatisticamente a concentração de material particulado atmosférico (< de 10μm) a partir de informações geradas em um amostrador de grande volume utilizando filtro de ar borossilicato sem aglutinantes

Demais variáveis (geográficas, emissões, entro outros) foram consideradas constantes. Com o uso do modelo de regressão, obteve-se um coeficiente de determinação de 95%

Manara et al (2015) 

Sustentabilidade

Estudo de caso

Avaliação do processo produtivo de celulose branqueada com base nos princípios da Avaliação do Ciclo de Vida (ACV)

Avaliação da ACV

Impacto ambiental

Identificar por meio da ACV, restrições ambientais definidas por legislação, de possíveis interferências no meio ambiente a partir do processo de produção da celulose branqueada

 O processo de produção possui diversas características que podem causar significativo impacto ambiental, o que permite concluir que o processo pode ter grande influência nas alterações ambientais ao seu redor se não for tomadas medidas preventivas visando não causar impactos ambientais negativos

Neto e Lima (2015)

Planejamento e gestão de recursos hídricos

Pesquisa exploratória 

Reuso da água: Uma maneira viável 

Sistema hidráulico de reuso da água

Escassez de água potável 

Apresentar uma técnica de reuso de água no cotidiano da população

Baixo custo deste projeto e a facilidade de ser instalado é o principal atrativo de ser executado, além de economizar água potável para outras pessoas que realmente necessitam

Herrera et al., (2015)

Conservação do meio ambiente 

Estudo de caso

Análise da logística reversa pós-consumo de óleos vegetais e pneus na cidade de Marília-SP 

Entrevistas 

Impacto ambiental 

Pesquisar como são feitos os descartes de óleo vegetal comestível já utilizados e pneus na cidade de Marília-SP

Para o descarte de óleos e pneus já existem centros de recolhimentos adequados e parcerias de empresas com a prefeitura do município

Silva et al., (2015)

Conservação do meio ambiente

Pesquisa exploratória 

Ações de gestão ambiental nas Instituições de Ensino Superior (IES) de Caruaru-PE 

Entrevistas

Impacto ambiental 

Investigar o atual engajamento de sete IES, que atuam na cidade de Caruaru-PE, quanto as suas práticas de Gestão Ambiental 

Percebe-se que as IES estudadas podem formar dois grupos: classificadas como insatisfatória para com as ações ambientais e ações suficientes para se enquadrar no nível satisfatório

Meira e Oliveira (2015)

Planejamento e gestão de recursos hídricos

Estudo de caso

Recursos hídricos, orindústrias celulose e química ambiental: Um pararelo entre possibilidades, causas e consequências 

Elemental Chlorine Free (ECF)

Escassez de água potável

Analisar as  características físicas e químicas dos afluente do município de Três Lagoas-MS

Conclui-se a importância de tecnologias mais viáveis pelas indústrias instaladas no município de Três Lagoas, como por exemplo, o TCF para o branqueamento da celulose

Souza et al., (2015)

Conservação do meio ambiente 

Estudo de caso

Viabilidade econômica  ambiental do uso de conchas de ostras e mariscos: Estudo de caso na comunidade de Nossa Senhora do Livramento-PB

Entrevistas

Impacto ambiental 

Analisar os impactos ambientais causados pelo descarte de conchas no meio ambiente

Torna-se necessário uma maior atenção das instituições governamentais para a elaboração de uma gestão pesqueira regional, com atuação de órgãos gestores estaduais ou federais além de ações de sensibilização da população local acerca dos impactos que esta atividade causa

Lima et al., (2015)

Sustentabilidade

Pesquisa exploratória 

Comparação e desenvolvimento do tijolo de solo-cimento incorporado com resíduos da construção civil provenientes de Catagueses-MG e o resíduo de borra de tinta proveniente das indústrias permanecentes ao polo moveleiro da região de Ubá-MG

Pesquisa em laboratório 

Produtos não renováveis 

Analisar o desenvolvimento de tijolos ecológicos do tipo solo-cimento incorporados com resíduos de construção civil 

Os resultados obtidos indicaram que é possível a obtenção de tijolos do tipo solo-cimento incorporados com o resíduo de construção e demolição e com resíduos de borra de tinta

Quadro 1 – Artigos publicados no ENEGEP entre os anos de 2011 a 2015 envolvendo
gestão ambiental dos processos produtivos e gestão de recursos naturais
Fonte: Elaborado pelos autores (2016)

Na Figura 1 apresenta-se a quantidade de artigos publicados no Encontro Nacional de Engenharia de Produção (ENEGEP) entre os anos de 2011 a 2015 envolvendo gestão ambiental dos processos produtivos e gestão de recursos naturais.

Figura 1 – Quantidade de artigos publicados em cada ano de análise
Fonte: Elaborado pelos autores (2016)

Na Figura 1 pode-se observar que o ano que apresentou o maior número de publicações envolvendo essa temática foi 2011 com, aproximadamente, 30% dos trabalhos. Seguido do ano de 2012 com, aproximadamente, 22%. Esses dois anos juntos somaram 28 artigos publicados, o que correspondem em, aproximadamente, 52% dos artigos. Destaque para o ano de 2014 com apenas 9,2% dos artigos publicados nesse período.

Referente às áreas de aplicação dos artigos, encontrou-se distintas áreas contempladas envolvendo gestão ambiental dos processos produtivos e gestão de recursos naturais, tais como: sustentabilidade (24), desastre ambiental (1), planejamento e gestão de recursos hídricos (7), conservação do meio ambiente (20), uso e ocupação do solo (1) e saneamento básico (1).

Os resultados da pesquisa apontam a área de aplicação de sustentabilidade como a mais significativa, que foi contemplada em 24 dos 54 artigos publicados (aproximadamente 45% dos artigos). Isso deve-se ao fato de existir um destaque importante para essa área presente nos estudos da literatura.

O interesse na área de sustentabilidade deve-se ao fato das mudanças de utilizar a natureza para atender as necessidades da sociedade sem comprometer as gerações futuras, de modo que elas também possam utilizar os meios naturais. Assim sendo, temos que preservar o meio ambiente para garantir sua existência para as próximas gerações a fim de que elas façam o mesmo. Destaque também para a área de conservação do meio ambiente, preocupação que vem se acentuando nos dias atuais em função das atividades humanas, as quais têm ocasionado seríssimos problemas de degradação ambiental, a ponto de comprometer, caso não sejam tomadas medidas emergenciais, os recursos naturais, as condições de vida e consequentemente, toda a vida futura no planeta. 

Tratando-se tipo de estudo na elaboração dos artigos publicados no Encontro Nacional de Engenharia de Produção (ENEGEP) entre os anos de 2011 a 2015 envolvendo gestão ambiental dos processos produtivos e gestão de recursos naturais verificou-se que o método do tipo estudo de caso tem sido mais utilizado nos artigos, seguido da pesquisa exploratória. Vale destacar que o tipo de estudo de pesquisa documental foi identificado em apenas um dos artigos, como pode-se observar na Figura 2.

Figura 2 – Quantidade de artigos utilizando cada tipo de estudo
Fonte: Elaborado pelos autores (2016)

Artigos envolvendo estudo de caso tem sido apontado como um método de pesquisa utilizado nas Ciências. Entretanto, nos artigos selecionados sua qualidade deixou a desejar em função da falta de rigor metodológico e de planejamento da pesquisa, que reduzem as vantagens dessa estratégia e a validade do estudo.

6. Considerações finais

Ao término da pesquisa pode-se concluir que, o objetivo principal deste trabalho foi alcançado, uma vez que realizou uma análise dos artigos publicados no Encontro Nacional de Engenharia de Produção (ENEGEP) entre os anos de 2011 a 2015, envolvendo estudos de gestão ambiental dos processos produtivos e gestão de recursos naturais.

Dos 54 artigos selecionados e analisados identificou-se que os anos que apresentaram mais publicações foram os anos 2011 e 2012 com, aproximadamente, 30% e 22% dos artigos, respectivamente. Constatou-se ainda que de todas as distintas áreas de aplicação dos artigos a sustentabilidade foi a mais significativa, presente em, aproximadamente, 45% dos artigos publicados, seguido da área de conservação do meio ambiente com, aproximadamente, 37% dos artigos publicados.

Tratando-se tipo de estudo na elaboração dos artigos verificou-se que o método do tipo estudo de caso tem sido mais utilizado nos artigos, seguido da pesquisa exploratória, pesquisa bibliográfica e pesquisa documental.

Referências

Alperstedt, G. D., Quintella, R. H.; Souza, L. R. (2010). Estratégias de gestão ambiental e seus fatores determinantes: uma análise institucional. Revista de Administração de Empresas.

Barbosa, G. G. (2015). Recursos naturais renováveis e produção de energia. Revista Política Hoje, v. 23, n. 1.

Bender, F. K., Silva, D. Q. (2015). Estresse profissional, sexo e trabalhadores de informações tecnologia: uma revisão sistemática. Espacios, 37 (03).

Biolchini, J., Mian, P. G., Natali, A. C. C. & Travassos, G. H. (2005). Systematic review in software engineering. Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: p. 1-31.

Borges, F. H. & Tachibana, W. K. (2007). A variável ambiental e as organizações: um estudo de caso. In: Simpósio de excelência em gestão e tecnologia – SEGET, 2007, Resende – Rio de janeiro. Anais. Rio de Janeiro: AEDB.

Cajazeira, J. E. R. (1997). ISO 14000: manual de implementação. Rio de Janeiro: Qualitymark editora.

Chiroli, D. M. D. G., Rodrigues, H. F. & Mayerle, S. F. (2015). Problemas de programação e roteamento de caminhões com restrições de horários de motoristas: um estudo da produção científica. Espacios, 37 (04).

Deliberal, J. P., Tondolo, V. A. G., Camargo, M. E. & Tondolo, R. D. R. P. (2015). Gestão ambiental e desempenho: uma análise do uso do SGA, ISO 9001 e ISO 14001. Espacios, 36 (23).

Lima, V. Z., D. Toni, D., Bebber, S. & Baggio, D. (2016). Perfil dos artigos sobre valor percebido publicados na base de dados Science Direct entre 2011 e 2014. Espacios, 37 (04).

Donaire, D. (2010). A repercussão da questão ambiental na organização. In: Gestão Ambiental na Empresa. 2ª ed. São Paulo: Atlas.

Garrido, F. S. R. & Vasconcellos, A. P. (2016). Desenvolvimento sustentável: um desafio para a economia criativa.

Gil, A. C. (2001). Como elaborar projetos de pesquisa. 3ª ed. São Paulo: Atlas.

Gil, A. C. (2008). Como elaborar projetos de pesquisa. 4ª ed. São Paulo: Atlas.

Ibama – Conceitos de Gestão Ambiental. (2007). Disponível em: <http://www.ibama.gov.br/rqma/gestao-ambiental>. Acesso em: 11 ago. 2016.

Jabbour, C. J. C., Teixeira, A. A., Jabbour, A. B. L. D. S. & Freitas, W. R. D. S. (2012). “Verdes e competitivas?": a influência da gestão ambiental no desempenho operacional de empresas brasileiras. Ambiente & Sociedade, 15 (2).

Landin, A. P. M., Bernardo, C. O., Martins, I. B. A., Francisco, M. R., Santos, M. B. & Melo, N. R. D. (2016). Sustainability concerning food packaging in Brazil. Polímeros, 26 (spe), 82-92, 2016.

Mirek, Z. M., Rodrigues, L. A. & Schadeck, M. (2015). A evolução dos estudos da sustentabilidade no Brasil: uma análise bibliométrica da última década. Espacios, 37 (01).

Morais, D. A. V., Lima, J. C. F., De Medeiros, L. G. F. & Nascimento, L. L. L. (2015). Plano de gerenciamento de resíduos em uma fazenda produtora de flores tropicais ornamentais.

Moura, L. A. A. (2008). Qualidade e Gestão Ambiental. 5ª ed.  São Paulo.  Editora Juarez de Oliveira.

Oliveira, J. A. P. (2000). Os desafios da descentralização da implementação das políticas ambientais em países em desenvolvimento: o caso Brasil. CLAD, Buenos Aires, Argentina.

Philippi, J. A., Roméro, M. A. & Bruna, G. C. (2004). Curso de gestão ambiental. Barueri: Manole, cap. 18.

Sanches, C. S. (2000). Gestão ambiental proativa. Revista de Administração de Empresas, v. 40, n. 1.

Senhoras, E. M. (2009). A agenda exploratória de recursos naturais na América do Sul: aa empiria à teorização geoestratégica de assimetrias nas relações internacionais.

Silva, E. L. (2001). Metodologia da pesquisa e elaboração de dissertação. 3ª ed. – Florianópolis: Laboratório de Ensino a Distância da UFSC.

Soares, A. C., Almeida, D. D. M., Lorenzi, D., Lopes, L. F. D. & Ibdaiwi, K, R. (2013). A gestão socioambiental sob a ótica de uma rede de supermercados: um estudo de caso em Santa Maria – RS. Espacios, 34.

Souza, J. D. A. (2015). Aplicação de ferramentas de gestão ambiental em empresas do arranjo produtivo local de confecções do agreste pernambucano (Aplcape). Dissertação/UFPE.

Ventura, R. (2010). Mudanças no perfil do consumo no Brasil: principais tendências nos próximos 20 anos. Rio de Janeiro: Macroplan Prospectiva, Estratégia & Gestão.

ANEXO A – Referência dos artigos selecionados para o estudo (Quadro 1)

De Jesus, I. R. D. & Hill, M. P. (2015).  A importância dos fertilizantes na análise do ciclo de vida dos produtos - Um olhar sobre as publicações científicas. Anais do XXXV Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Fortaleza, CE, Brasil.

Silva, R. F. F., Luciano, M. C. De H., Brito, C. E. Da M. & Filho, A. R. A. Da S. (2015). Ações de gestão ambiental nas Instituições de Ensino Superior (IES) de Caruaru-PE. Anais do XXXV Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Fortaleza, CE, Brasil.

Herrera, V. E., Souza, M. de F. C., Dilelli, G. A. B., Bosco, B. V. & Silva, E. M. L. (2015).  Análise da logística reversa pós consumo de óleos vegetais e pneus na cidade de Marília/SP. Anais do XXXV Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Fortaleza, CE, Brasil.

Moura, I. F. S., Cruz, A. B. & Menezes, M. A. de B. C. (2015). Avaliação a partir da análise de regressão da influência de parâmetros meteorológicos da poluição atmosférica de mp-10 em um ponto de Belo Horizonte. Anais do XXXV Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Fortaleza, CE, Brasil.

Lima, B. L., Gomes, L. D., Franco, E. A. P. & Oliveira, R. F. (2015). Avaliação de aspectos e impactos ambientais da lavagem de carros às margens do Rio Parnaíba em Teresina-Pi. Anais do XXXV Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Fortaleza, CE, Brasil.

Sabia, R. J., Lima, A. F. De. O. & Junior, F. de A. V. S. (2015). Método Analytic Hierarchy Process – AHP aplicado a pegada hídrica na região metropolitana do Cariri. Anais do XXXV Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Fortaleza, CE, Brasil.

Meira, N. F. de C. & De Oliveira, W. (2015). Recursos hídricos, indústrias de celulose e química ambiental: Um paralelo entre possibilidades, causas e consequências. Anais do XXXV Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Fortaleza, CE, Brasil.

Neto, A. De P. L. & De Lima, U. M. (2015). Reuso da água: Uma maneira viável. Anais do XXXV Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Fortaleza, CE, Brasil.

Souza, A. B. B., Da Silva, N. M., De Aquino, D. F. S. & Filho, H. N. de S. (2015). Viabilidade econômica e ambiental do uso de conchas de ostras e mariscos: Estudo de caso na comunidade de Nossa Senhora do Livramento-PB. Anais do XXXV Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Fortaleza, CE, Brasil.

Lima, S. C. da S., Nazare, T. B., Bondi, D. P., Siqueira, D. dos S. & Rodrigues, J. P. B. (2015). Comparação e desenvolvimento do tijolo de solo-cimento incorporado como resíduos da construção civil provenientes de Cataguases – MG e o resíduo de borra de tinta proveniente das industrias pertencentes ao polo moveleiro da região de Ubá – MG. Anais do XXXV Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Fortaleza, CE, Brasil.

Manara, M. R., Monaro, D. L. G., Machado, R. S. & Monaro, R. L. G. (2015). Avaliação do processo produtivo de celulose branqueada com base nos princípios da AVC – Avaliação do ciclo de vida. Anais do XXXV Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Fortaleza, CE, Brasil.

Deliberal, J. P., Bortoluzzi, F. R., Da Rocha, J. M. & Olea, P. M. (2014). Natural resourced-based view: uma revisão integrativa da literatura. Anais do XXXIV Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Curitiba, PR, Brasil.

Grzebieluckas, C. (2014). Potencial frutífero e de biomassa das plantas de mangaba (hancornia speciosa gomes) e murici (byrsonima verbascifolia) pelo sistema de plantio: um estudo no cerrado goiano.  Anais do XXXIV Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Curitiba, PR, Brasil.

Do Nascimento, P. F. P., Do Nascimento, L. S. & Pereira, K, I. de A. (2014). Proposição de um plano de gerenciamento de resíduos sólidos em microempresa do ramo gráfico. Anais do XXXIV Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Curitiba, PR, Brasil.

Salgado, C. C. R. & Colombro, C. R. (2014). Sistema de gestão ambiental (SGA) no setor hoteleiro: um estudo de caso no Verdegreen Hotel. Anais do XXXIV Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Curitiba, PR, Brasil.

Viana, R. da S., Marins, C. S., Dos Santos, R. F. Souza, D. de O. & Ramos, R. R. (2013). Análise do gerenciamento dos resíduos do serviço de saúde do município de Bom Jesus do Itabapoana – RJ. Anais do XXXIII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Salvador, BA, Brasil.

Silva, K. F. A., Barros, B. C. & Brito, D. S. (2013). Análise do Programa de Coleta Seletiva da Universidade Federal de Sergipe. Anais do XXXIII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Salvador, BA, Brasil.

Lourenço, J. C. & Lira, W. S. (2013). Logística reversa de resíduos vítreos: Um estudo de caso do processo implementado na unidade de beneficiamento e reciclagem de materiais vítreos. Anais do XXXIII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Salvador, BA, Brasil.

Urtiga, M. M. B. de A., Filho, J. L. S., Guimarães, L. A. & Morais, D. C. (2013). Modelo de alocação e negociação de recursos hídricos em regiões semiáridas. Anais do XXXIII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Salvador, BA, Brasil.

Piazza, C. A. D., Figueiredo, P. J. M. & Goulart, L. E. T. (2013). Modelo referencial para análise de desempenho ambiental de empresas do setor têxtil. Anais do XXXIII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Salvador, BA, Brasil.

Soares, A. M., De Lima, R. G. R., Costa, M. do R. V. & Camilo, D. G. G. (2013). O FMEA como método de avaliação do risco ambiental: Estudo de caso em uma lavanderia na região de Natal-RN. Anais do XXXIII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Salvador, BA, Brasil.

Do Nascimento, L. S., Do Nascimento, P. F.P., Pereira, K. I. de A. & De Souza, M. C. L. (2013) Planeamento de um sistema de Gestão Ambiental: Estudo de caso de uma microempresa moveleira. Anais do XXXIII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Salvador, BA, Brasil.

Ouriques, R. X. & Malanovicz, A. V. (2013). Problemas gerados em decorrência da ocupação urbana no Parque Estadual Delta do Jacuí/RS. Anais do XXXIII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Salvador, BA, Brasil.

Jorge, A. Sasdelli, M. C. B. & Junior, G. dos S. (2013). Questões de Biossegurança no milho transgênico. Anais do XXXIII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Salvador, BA, Brasil.

Jacomel, B., Rodriguez, C. M. R. & Da Silva, F. L. (2013). Sustentabilidade ambiental e avaliação do ciclo de vida (ACV) de produto: Estudo comparativo entre duas embalagens. Anais do XXXIII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Salvador, BA, Brasil.

Junior, H. L. dos S., Da Silva, G. L., Da Silva, R. F. & Borba, B. F. da C. (2013). Validação da técnica analítica de cromatografia liquida de alta eficiência para identificação de nonilfenol em amostra dopada em nível de contaminante. Anais do XXXIII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Salvador, BA, Brasil.

Zoldan, M. A. & De Lima, C. A. P. (2012). A classificação sustentável dos resíduos madeireiros otimizando os processos – Estudo de caso.  Anais do XXXII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Bento Gonçalves, RS, Brasil.

De Araujo, J. A., Santos, A. L. & De Brito, F. J. A. (2012). A gestão ambiental como processo da qualidade: Uma proposta de integração. Anais do XXXII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Bento Gonçalves, RS, Brasil.

Kalb, N. D., Neto, L. F. F., Sanches, A. C., Malta, M. C. M. & De Oliveira, E. M. (2012). A gestão ambiental empresarial no varejo sob a ótica do consumidor - o caso de uma empresa de varejo internacional. Anais do XXXII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Bento Gonçalves, RS, Brasil.

De Moura, C. E. & De Campos, F. C. (2012). A influencia da Gestão da Qualidade ambiental nas atititudes sustentáveis de consumidores de veículos novos. Anais do XXXII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Bento Gonçalves, RS, Brasil.

Tiscoski, J. da S. & Campos, L. M. de S. (2012). Avaliação de impactos ambientais: Um estudo na operação do Porto de Itajaí. Anais do XXXII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Bento Gonçalves, RS, Brasil.

Bittencourt, M. & Jungles, A. E. (2012). Diagnóstico de responsabilidade ambiental no processo de execução de obras de empresas construtoras de micro, pequeno e médio porte. Anais do XXXII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Bento Gonçalves, RS, Brasil.

Junior, E. de M., De Almeida, M. R. & De Medeiros, J. B. S. (2012). Gestão de estoques para indústria salineira. Anais do XXXII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Bento Gonçalves, RS, Brasil.

Cavalcanti, M. (2012). Market for carbon credits and swine production: an analysis of projects and regions of Brazil. Anais do XXXII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Bento Gonçalves, RS, Brasil.

De Camargo, T. R., Neto, L. F. F., Teixeira, W. M. & De Oliveira, E. M. (2012). Políticas públicas ambientais nos municípios: uma análise de agrupamentos nos municípios de Mato Grosso do Sul. Anais do XXXII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Bento Gonçalves, RS, Brasil.

Neto, L. F. F., Dias, S. M. A., Neto, A. C. J. Teixeira, A. M. & De Oliveira, E. M. (2012). Práticas de logística reversa de produtos lácteos no estado de Mato Grosso do Sul: Um estudo comparativo entre empresas supermercadistas de capital estrangeiro. Anais do XXXII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Bento Gonçalves, RS, Brasil.

Medeiros, H. R. D., De Farias, A. S. D., Lira, W. S. & Candido, G. A. (2012). Utilização de Eco-Inovações como ferramenta de gestão de recursos naturais na construção civil. Anais do XXXII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Bento Gonçalves, RS, Brasil.

Taube, M. R. Sehnem, S. & Cericato, A. (2012). Viabilidade econômica de pequenas propriedades rurais enquadradas devidamente no código florestal brasileiro: Um estudo de caso na linha pessegueiro, município de Guarujá do Sul – SC. Anais do XXXII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Bento Gonçalves, RS, Brasil.

Bandeira, A. de P. F. & Bandeira, R. A. de M. (2011). Alocação de recursos hídricos para otimização da exploração de recursos naturais. Anais do XXXI Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Belo Horizonte, MG, Brasil.

Ponce, R. O., Rodrigues, A. M. & Rebelato, M. G. (2011). Análise de programas de coleta seletiva municipal sob a ótica da logística reversa: Estudo das práticas adotadas por quatro cidades Norte-Americanas. Anais do XXXI Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Belo Horizonte, MG, Brasil.

Ramos, T. J. F., Behr, A. & Goularte, J. L. P. (2011). Arroz biodinâmico: Uma estratégia inovadora na busca de vantagens competitivas. Anais do XXXI Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Belo Horizonte, MG, Brasil.

Pessanha, F. B., Alves, K. S. C., Shimoda, E. & Junior, M. E. (2011). Benefícios econômicos do saneamento básico para o município de Campos dos Goytacazes, RJ. Anais do XXXI Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Belo Horizonte, MG, Brasil.

Grzebieluckas, C., Campos, L. M. de S. & Selig, P. M. (2011). Cultivo de Mangaba (Hancornia Speciosa Gomes) para agregação de valor sustentável às pequenas propriedades rurais: Uma análise de viabilidade econômica. Anais do XXXI Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Belo Horizonte, MG, Brasil.

Dos Santos, M. J. (2011). Degradação causada ao meio ambiente por obra de dragagem portuária em Suape. Anais do XXXI Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Belo Horizonte, MG, Brasil.

Affonso, C. S. do A. B. (2011). Desastres ambientais e reprodução social das condições vulneráveis. Anais do XXXI Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Belo Horizonte, MG, Brasil.

Barbosa, T. N., Leite, A. A. F. & Reis, M. R. O. (2011). Desenvolvimento de uma metodologia para implementação de um programa de gestão energética em uma universidade publica – Uma aplicação do método DMAIC. Anais do XXXI Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Belo Horizonte, MG, Brasil.

Fortunato, F. A. P. da S., Da Silva, J. B., Santana, J. C. C., Baptista, E. A. & Junior, M. V. (2011). Electricity generation from cow manure with motor jenbacher: a case study in the municipal district of Pato de Minas-MG. Anais do XXXI Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Belo Horizonte, MG, Brasil.

Bispo, T. C. & Levino, N. de A. (2011). Impactos ambientais decorrentes do uso e ocupação desordenada do solo: Um estudo da região da periferia de Maceió/AL. Anais do XXXI Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Belo Horizonte, MG, Brasil.

De Moura, J. M. (2011). Inovação tecnológica agregando valor às potencialidades amazônicas: O caso da Amazon Dreams. Anais do XXXI Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Belo Horizonte, MG, Brasil.

De Mello, R. (2011). O planejamento por Backcasting – Um estudo do sistema de águas e esgotos de Florianópolis – SC. Anais do XXXI Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Belo Horizonte, MG, Brasil.

De lima, J. C., De Macedo, T. C. P. & Pimenta, H. C. D. (2011). Percepção das imobiliárias sobre as praticas de gestão ambiental como um fator de competitividade. Anais do XXXI Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Belo Horizonte, MG, Brasil.

Trierweiller, A. C., Peixe, B. C. S., Jacques, S., Weise, A. D. & De Azevedo, V. M. (2011). Relatório de impacto ambiental: Um estudo de caso em um campo de Golf. Anais do XXXI Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Belo Horizonte, MG, Brasil.

Povoa, B. B. & Tosta, M. de C. R. (2011). Valoração contingente do Gasoduto Cacimbas-Catu na reserva da biosfera da Mata Atlântica em São Mateus/ES. Anais do XXXI Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Belo Horizonte, MG, Brasil.

Gouvea, C. A. K., Radavelli, A. C. M. A. & Hurtado, A. L. B. (2011). Viabilidade de implantação de cisternas para captação de água de chuva – Caso Joinville. Anais do XXXI Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Belo Horizonte, MG, Brasil.


1. Universidade Estadual de Maringá (UEM), Programa de Pós-Graduação em Geografia, Maringá – Paraná – Brasil. Email: thaysfurlan@gmail.com

2. Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Ponta Grossa – Paraná – Brasil. Email: guilherme.ribeiro91@hotmail.com

3. Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Ponta Grossa – Paraná – Brasil. Email: hugo_868@hotmail.com

4. Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Porto Alegre – Rio Grande do Sul – Brasil. Email: fernando-lermen@hotmail.com

5. Universidade Estadual de Maringá (UEM), Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química, Maringá – Paraná – Brasil. Email: gusmatias@gmail.com


Revista ESPACIOS. ISSN 0798 1015
Vol. 38 (Nº 06) Año 2017

[Índice]

[En caso de encontrar algún error en este website favor enviar email a webmaster]

©2017. revistaESPACIOS.com • Derechos Reservados