Espacios. Vol. 34 (10) 2013. Pág. 7


Extensão e Gestão Universitária: um estudo do Projeto Chiquitos na Chiquitania Boliviana

Extension and University Management: A Study of Project «Chiquitos» in Chiquitania, Bolivia

Ana SANTOS Delgado 1, Carla Silvanira BOHN 2, Gertrudes Aparecida DANDOLINI 3 y João Bosco da Mota ALVES 4

Recibido: 10-07-2013 - Aprobado: 12-09-2013


Contenido

Gracias a sus donaciones esta página seguirá siendo gratis para nuestros lectores.
Graças a suas doações neste site permanecerá gratuito para os nossos leitores.
Thanks to your donations this site will remain free to our readers.

RESUMO:
Este artigo objetiva contextualizar o Projeto Chiquitos na Chiquitania Boliviana sob a ótica da Extensão e Gestão Universitária. Projeto este que, proposto pela Universidade Técnica Particular de Loja (Equador) e da Universidade Católica Boliviana “San Pablo” em Chiquitos (Bolivia) objetivam através de ambientes tecnologicamente apropriados difundir a pesquisa e impulsionar o desenvolvimento de uma região remota e socialmente carente. Por meio de uma revisão sistemática da literatura, pretende-se identificar as publicações existentes sobre o tema “Extensão e Gestão Universitaria” que sejam convergentes com o tema em foco. Para a seleção dos artigos utilizou-se a base de dados Scopus, que após a leitura dos resumos dos 10 registros selecionados, realizou-se uma seleção quanto à aderência a pergunta de pesquisa, sendo identificados quatro artigos que compõe a amostra do presente estudo. Após análise desses artigos, pode-se afirmar que há convergência entre o Projeto Chiquitos e o que a literatura preconiza no que tange o papel da universidade sob a ótica da responsabilidade social e compromisso com um ensino de qualidade voltado também ao atendimento das necessidades e desafios da sociedade.
Palavras-chave: Projeto Chiquitos. Extensão e Gestão Universitária. Responsabilidade Social.

ABSTRACT:
This article aims to contextualize the project Chiquitos in Chiquitania, Bolivia from the perspective of University Extension and Management. This project, proposed by the Universidad Técnica Particular de Loja (Ecuador) and the Universidade Católica Boliviana "San Pablo", in Chiquitos (Bolivia) aims to disseminate research and encourage the development of a remote and socially deprived region through technologically appropriate environments. Through a systematic literature review, we intend to discovery the existing publications of "University Extension and Management" that are convergent with the main focus. For a selection of articles we used the Scopus database from which, after reading the summaries of 10 records selected, there was a selection for adherence to the research question and identified four articles that comprise the study sample. After the analysis of these articles, it can be stated that there is a convergence between the Project and the Chiquitos literature reports regarding the role of the university from the perspective of social responsibility and commitment to quality of education also aimed at meeting the needs and challenges of society.
Keywords: Chiquitos Project. University Extension and Management. Social Responsibility..


1. Introdução

O cenário informatizado e as exigências tecnológicas da contemporaneidade direcionam as instituições educacionais a tomadas de decisão que articulem o campo filosófico de estudo às ações práticas, que promovam o compartilhamento e disseminação do conhecimento. A conectividade é hoje fator essencial de integração e acesso ao mundo das ideias e através dela é possível criar ambientes favoráveis ao desenvolvimento de projetos aplicáveis de cunho educacional, econômico e social.

O alto dinamismo do fluxo da informação, apoiado pela crescente acessibilidade aos novos meios e fenômenos da sociedade contemporânea – entendido por “globalização” – provoca uma constante busca pela melhoria do conhecimento nas suas mais diversas áreas de concentração. A velocidade em que os meios de comunicação avançam acabam por transformar o cotidiano dos indivíduos e promovem mudanças de comportamento e de padrões sociais pré-estabelecidos.

Neste contexto, de interconexão mundial, dinâmica e em constante transformação, ainda se observam regiões completamente isoladas da tecnologia, ou seja, comunidades culturalmente sem grandes pretensões e socialmente carentes. Um exemplo forte deste paradoxo é o sul da Bolívia, na região da Chiquitania, numa comunidade chamada San Ignacio. É uma região pobre, com baixa população, muito dispersa, com baixo acesso a serviços sociais, condições precárias de comunicação e enormes distâncias, apresentando carências de todo tipo. É um local no qual é quase impossível crer que aconteça um fluxo de informação constante e dinâmico.

Este lugar é palco de um projeto, promovido e gerenciado pela Universidade Técnica Particular de Loja (Equador) e pela Universidade Católica Boliviana “San Pablo” em Chiquitos (Bolívia), mediante um convênio de cooperação, criado com o objetivo de programar em condições completamente adversas uma educação de qualidade, flexível, bem adaptada às necessidades reais da região e da comunidade local, para servir como mola propulsora no desenvolvimento e aquisição de experiência profissional, propiciando uma melhoria nas condições de vida das pessoas do lugar.

Partindo deste pressuposto, este artigo configura-se da seguinte forma, a primeira seção versa sobre o que é o projeto Chiquitos na Chiquitania Boliviana, suas origens e intenções como um projeto de extensão universitária; a segunda, o percurso metodológico adotado, onde será explicitado a pesquisa sistemática realizada sobre o tema, bem como o cruzamento e interpretação dos dados; na terceira seção discorre-se sobre a relação do Projeto de Chiquitos na Chiquitania Boliviana com a pesquisa sistemática realizada e finalmente, na quarta e última seção as considerações finais deste estudo.

2. O que é o Projeto Chiquitos na Chiquitania Boliviana?

Sob o marco de Cooperação Sul-Sul promovido pela OCDE - Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico, desenvolve-se o Projeto Chiquitos, assim denominado por atuar na região de Chiquitos na Bolívia. O projeto teve início em 2001 com a assinatura do convênio Marco de cooperação Acadêmica e Científica entre a Universidade Técnica Particular de Loja (UTPL) e a Universidade Católica Boliviana “San Pablo” (UCBCh). O Convênio de cooperação estratégica tem como finalidade adaptar e transferir pesquisa e tecnologia da Universidade Técnica Particular de Loja (Equador) à Universidade Católica Boliviana “San Pablo” em Chiquitos (Bolivia) através da criação de unidades de desenvolvimento de pesquisa aplicada apoiada pelo ensino a distância.  Este convênio permite a  realização de tarefas conjuntas de colaboração e de cooperação nos campos de docência, pesquisa, e intercâmbio de estudantes e de professores, promovendo a formação de estudantes, difusão cultural por meio de seminários, encontros, conferências, cursos e publicações.

O Projeto Chiquitos é financiado por meio da colaboração entre as duas universidades: a UTPL responsável pelas passagens e a UCBCh responsável pela hospedagem, alimentação e imprevistos dos participantes do Projeto. Vários projetos que se desenvolveram a partir do convênio entre as duas universidades tiveram a colaboração dos governos locais. Até junho de 2010 participaram 58 estudantes e jovens recém formados em diferentes graduações.

O Projeto beneficia a comunidade de San Ignacio de Velasco - Santa Cruz- Bolivia por meio de pesquisas aplicadas para necessidades locais. São desenvolvidas atividades como: implementação de Internet; criação de modalidade de Estudo a Distância; planta de elaboração e processamento de produtos lácteos e de carne; melhora das técnicas de processos agroindustriais; criação do banco de conservação de sementes; Implementação de sistemas agrários pastoris, entre outros. Ao retornar ao Equador os participantes levam novos conhecimentos explícitos e tácitos adquiridos na prática das atividades do Projeto. O processo é esquematizado na Figura 1.

Esquema Chiquitos

Figura 1: Projeto Chiquitos: processos
Fonte: (Santos, Galdo e Machado, 2010, p. 6)

Os participantes, na maioria profissionais recém formados no Equador, são enviados pela UTPL e mantidos pela UCB na localidade de Chiquitos na Bolívia pelo período de um ano. Ali desenvolvem atividades e pesquisas voltadas para problemas da região. Assim, o Projeto está integrado à sociedade atendendo a necessidades práticas. Entre os participantes envolvidos no Projeto há criação de novos conhecimento. Ao retornarem ao Equador, os participantes deixam conhecimentos práticos para a região de Chiquitos e levam novos conhecimentos com a finalidade de aplicá-los à sua realidade de vida e trabalho. Esse processo depende de um ambiente próprio que incentive a colaboração, o compartilhamento e criação de conhecimento, visto que os participantes são voluntários e sua atuação tem características de uma comunidade de prática (UTPL, 2013).

A experiência tem mostrado que os jovens participantes do projeto Chiquitos desenvolveram habilidades aplicadas a suas carreiras e suas vidas. Os participantes também são fonte de exemplo para outros jovens da região, mesmo não envolvidos diretamente no projeto, despertando o interesse por capacitar-se e melhorar suas técnicas de trabalho.

3. Percurso Metodológico

O Estudo de Caso realizado,  de abordagem qualitativa,  permite, segundo Triviños (2011), categorizar a pesquisa, cujo objeto é uma unidade que se analisa aprofundadamente. Neste caso, a unidade analisada e aprofundadamente estudada foi o Projeto Chiquitos.

O caráter exploratório do artigo permite proporcionar maior familiaridade com o tema com vistas a torná-lo explícito e construir possíveis correlações (Triviños, 2011). O procedimento técnico que permeia a pesquisa é teórico, apoiado na literatura existente. A revisão da literatura é um método de pesquisa que permite reunir e abreviar as evidências disponíveis sobre o tema de investigação, tendo como objetivo identificar e avaliar as evidências disponíveis sobre o tema proposto. Para a elaboração da presente pesquisa, utilizou-se a revisão da literatura, que segundo Ursi e Gavão (2006, p. 126) é "um dos recursos da prática baseada em evidências, ou seja, a revisão da literatura, a qual possibilita a síntese e a análise do conhecimento científico já produzido sobre o tema investigado."

Para a realização da revisão da literatura, definiram-se cinco etapas como estratégia de busca ao tema proposto:

  • Primeira etapa – refere-se à formulação da pergunta de pesquisa e das palavras-chave.
  • Segunda etapa – é composta pela escolha e justificativa da base de dados utilizada para a pesquisa, bem como os filtros a serem utilizados, estabelcecendo critérios de inclusão e exclusão de artigos.
  • Terceira etapa – desenvolvimento da análise bibliométrica.
  • Quarta etapa – apreciação dos registros selecionados quanto à abordagem dos trabalhos.
  • Quinta etapa – refere-se ao término da revisão sistemática da literatura, por meio da elaboração das considerações sobre o estado da arte do tema pesquisado com base na análise dos registros selecionados.

Para tal revisão, formulou-se na primeira etapa da estratégia de busca,  que teve como objetivo identificar as  publicações existentes sobre o tema “Extensão e Gestão Universitaria” que seriam convergentes com o tema em foco. Em seguida, determinaram-se as palavras-chave para pesquisa: “Gestão Universitária” e “Extensão Universitária”. Após a definição da pergunta norteadora da pesquisa e palavras-chave, partiu-se para a segunda etapa da estratégia de busca, escolha e justificativa da base de dados utilizada para a pesquisa e seus filtros a serem utilizados.

Optou-se assim, em pesquisar as bases de dados da Scopus, pelo fato de ser uma das maiores bases de resumos e referências bibliográficas de literatura científica revisada por pares e sua atualidade.

Como filtro determinou-se a área mais relevante para a pesquisa: Ciências Sociais e Humanas (Social Sciences & Humanities) e Ciências da Vida (Life Sciences); determinou-se um segundo filtro, um recorte temporal, do ano de 2000 até os dias atuais de publicação e cruzamento das palavras-chave, “gestão universitária” e “extensão universitária”. Por fim desta etapa, como último filtro foram selecionados os dez registros mais relevantes segundo a Scopus, que para tal leva em consideração os índices SNIP (Source Normalized Impact per Paper) e o SJR (SCImago Journal Rank), tendo como principal objetivo, a qualidade e a reputação do periódico, bem como o impacto de citações contextuais com base no número total de citações de um determinado tema.

3.1 Realização da pesquisa na base de dados Scopus

Iniciou-se a busca com a palavra-chave “gestão universitária” (university management) no título, no resumo e nas palavras-chave.

Utilizando o primeiro filtro relacionado à área relevante à pesquisa e excluindo as demais foram encontrados 220 registros, sendo que o primeiro registro encontrado foi no ano de 1972 e o mais citado, com 60 citações é do ano de 1986, porém o menos representativo frente ao foco buscado na pesquisa.

Utilizando o segundo filtro, determinando a série temporal e o cruzamento das palavras-chave, “gestão universitária” com “extensão universitária” foram encontrados 10 artigos, aos quais segue a Tabela 1:

Tabela 1
Resultado por ano de publicação com as palavras-chave
“Gestão Universitária” cruzando com  “Extensão Universitária”.

ANO DE PUBLICAÇÃO

QUANTIDADE DE REGISTROS PUBLICADOS

2012

03

2011

02

2010

04

2007

01

Fonte: Scopus, 04 de Junho de  2013

Diante do número de registros, conforme descrito anteriormente, serão analisados os 10 registros encontrados conforme Tabela 2 extraídos da base de dados Scopus.

Tabela 2
Resumo estatístico da pesquisa sistemática na base de dados Scopus.

N.

Título do Artigo

Autor

Ano

Periódico

N. de Citações

01

DUAQUAL: Calidad percibida por docentes y alumnos en la gestión universitaria

 

Loureiro, S.M.C., González, F.J.M.

2012

Cuadernos de Gestion 12 (1) , pp. 107-122

0

02

La extensión universitaria desde una perspectiva estratégica en la gestión integral de la universidad médica contemporánea

Marimón, M.E.H.

2012

Revista Cubana de Educacion Medica Superior 26 (4) , pp. 531-540

0

03

Structural equation models of management and decision-making styles with job satisfaction of academic staff in Malaysian research university

 

Amzat, I.H., Idris, D.A.R.

2012

 

International Journal of Educational Management 26 (7) , pp. 616-645

0

04

La universidad de servicio como paradigma de la educación superior

 

Ramos Parra, C., García Martínez, J., Pérez Cedeño, Y.

2011

Revista de Ciencias Sociales 17 (1) , pp. 48-58

0

05

Marketing strategy implementation in higher education: A mixed approach for model development and testing

 

Naidoo, V., Wu, T.

2011

Journal of Marketing Management 27 (11-12) , pp. 1117-1141

0

06

Management information systems in higher education: Key factors of user acceptance

Milchrahm, E.

2010

ICEIS 2010 - Proceedings of the 12th International Conference on Enterprise Information Systems 5 HCI , pp. 227-230

0

07

Overview of Ogallala aquifer program

Clark, R.N., Brauer, D.

 

2010

ASABE - 5th National Decennial Irrigation Conference 2010, Held in Conjunction with Irrigation Show 2010 1 , pp. 1-8

0

08

Campus adjustment among international students in malaysia

Mahmud, Z., Amat, S., Rahman, S., Ishak, N.M.

2010

International Journal of Knowledge, Culture and Change Management 10 (5) , pp. 85-95

0

09

Greening of business schools: A systemic view

Jabbour, C.J.C.

2010

International Journal of Sustainability in Higher Education 11 (1) , pp. 49-60

6

10

Alta gerencia universitaria. Su visión ética y de valores en el proceso de enseñanza-aprendizaje

Ferrer, T., Guijarro, M.

2007

Revista Venezolana de Gerencia 12 (38) , pp. 218-228

0

Fonte: Scopus, 04 de Junho de 2013.

Após a leitura dos resumos dos 10  registros selecionados, foi realizada uma seleção quanto à aderência ao artigo, ou seja, a contextualização dos artigos encontrados com o Projeto Chiquitos na Chiquitania Boliviana sob a ótica da Extensão e Gestão Universitária. A tabela 4 demonstra os registros que foram selecionados após a leitura dos resumos.

Tabela 4
Resultado da estratégia de busca para revisão sistemática da literatura.

ARTIGO

AUTOR

ANO

PERIÓDICO

DUAQUAL: Calidad percibida por docentes y alumnos en la gestión universitaria

 

Loureiro, S.M.C., González, F.J.M.

2012

Cuadernos de Gestion 12 (1) , pp. 107-122

La extensión universitaria desde una perspectiva estratégica en la gestión integral de la universidad médica contemporánea

Marimón, M.E.H.

2012

Revista Cubana de Educacion Medica Superior 26 (4) , pp. 531-540

La universidad de servicio como paradigma de la educación superior

 

Ramos Parra, C., García Martínez, J., Pérez Cedeño, Y.

2011

Revista de Ciencias Sociales 17 (1) , pp. 48-58

Alta gerencia universitaria. Su visión ética y de valores en el proceso de enseñanza-aprendizaje

Ferrer, T., Guijarro, M.

2007

Revista Venezolana de Gerencia 12 (38) , pp. 218-228

Fonte: Scopus, 04 de Junho de 2013.

A análise do enfoque e do conteúdo dos quatro registros selecionados foi realizada quanto à aderência à pesquisa.

3.2 Resultado e Análise da Pesquisa

Após a análise de conteúdo e enfoque dos 04 artigos que abordam a Gestão Universitária e Extensão Universitária, a seguir, cada artigo será detalhado:

Loureiro e González (2012) em sua publicação denominada DUAQUAL: Calidad percibida por docentes y alumnos en la gestión universitaria, abordam o processo de Bolonha e destacam uma perspectiva institucional na preocupação com a gestão da qualidade do serviço em universidades e outras instituições de ensino superior. Destacam também que a qualidade do serviço de educação superior não se concentra exclusivamente no processo de ensino-aprendizagem e na relação entre professor e aluno, mas também deve ser garantida no serviço prestado pelas bibliotecas universitárias, serviços de ação social, o serviços académicos e secretarias departamentais. Para analisar os serviços prestados pela secretaria do departamento aplicou-se uma escala para validar a qualidade do serviço chamado DUAQUAL. Esta aplicação analisou a qualidade do serviço em  três dimensões: credibilidade, profissionalidade e informação. Os resultados revelaram que a dimensão profissionalidade é a que mais contribui para explicar a qualidade global percebida e a satisfação em relação aos serviços prestados pelas secretarias departamentais.

Marimón (2012) em seu artigo La extensión universitaria desde una perspectiva estratégica en la gestión integral de la universidad médica contemporânea, aborda que o aperfeiçoamento da gestão universitária constitui um aspecto prioritário e atual para a educação superior Cubana. Seu objetivo foi aperfeiçoar o processo de planejamento universitário para a atividade de extensão universitária na Universidade Médica Cubana. Este estudo apresentou uma proposta de plano estratégico ao considerar a gestão universitária como uma estratégia mestra na qual impacta a todas as áreas universitárias. A experiência do estudo denota a necessidade de prosseguir as investigações científicas e aprofundar no planejamento estratégico da extensão como importante função e processo pedagógico universitário de caráter complexo, o que evidencia um salto de qualidade na gestão universitária.

Ramos Parra, García Martínez e Pérez Cedeño (2011) formulam em seu artigo La universidad de servicio como paradigma de la educación superior uma proposta para promover o desenvolvimento de uma Universidade prestadora de serviços, fortalecendo nela a responsabilidade Social para contribuir a solução dos problemas nacionais. Os autores analisam os elementos necessários para o desenvolvimento de uma cultura de responsabilidade social, através da normativa existente e propõe um novo modelo de gestão universitária fundamentada nesses princípios. A metodologia utilizada se fundamentou em um amplo estudo enquadrado no paradigma positivista descritivo, com um trabalho de campo composto por uma população de 75 professores, dentre eles, reitores, pessoal de extensão, equipe de pesquisa e pessoal da pós-graduação de Luz, UNERMB, UNEFAB, UNESURYUBV no estado de Zulia e uma profunda revisão bibliográfica. Como resultado apontam três propostas: uma nova estrutura organizacional que responda as três funções: ensino, pesquisa e extensão; alcançar um relacionamento mais estreito com os grupos de interesse externos e finalmente, impulsionar uma cultura fundamentada na responsabilidade social.

Ferrer e Guijarro (2007) analisa em sua obra Alta gerencia universitaria. Su visión ética y de valores en el proceso de enseñanza-aprendizaje que, o alcance e a projeção da ética e dos valores no processo de ensino–aprensizagem da educação superior na Universidade de Zulia, do ponto de vista da Gestão Universitária é de Alto Nível. A metodologia sugerida foi um enfrentamento entre a pesquisa de caráter documental e a aplicação de um instrumento, com entrevistas com quatro ex-reitores da Universidade de Zulia como representantes da Gestão Universitária de Alto Nível. Os resultados do estudo indicam que a Universidade de Zulia precisa facilitar espaços, criar ambientes de confiança, instrumentos contributivos, promover a discussão e o debate para que cada pessoa se eduque, crie seus próprios valores e desenvolvam sujeitos éticos que contribuam ao processo de ensino-aprendizagem com o sentido de responsabilidade, participação, compromisso e inovação, combinando os aspectos afetivos, comportamentais e cognitivos.

4. Projeto Chiquitos, Extensão e Gestão Universitária: convergências.

Rocha (1986) já salientava a  Extensão  como  porta  de  entrada  para  a  desafiadora proposta de uma Universidade dialeticamente articulada entre  a  produção  e  a  comunicação  do  conhecimento. Stokes (2005) afirma que no século XIX, com a sociedade industrial em processo de rápido progresso tecnológico, surgem as primeiras escolas técnicas, como a École Polytechnique na Franca. E assim, na medida que a ciência impulsiona a tecnologia, cresce a necessidade de formação profissional aliada à pesquisa e produção de conhecimento. São criadas então, a partir do início do século XIV, primeiramente na Alemanha, as primeiras universidades no modelo contemporâneo aliando ensino, pesquisa e extensão. A extensão universitária tem por norte, o papel de transferir o conhecimento produzido na universidade para a sociedade. Freire (1992), cuja obra publicada em 1969,  com  o  título  Extensão  é Comunicação?,  apontava  para  uma  participação  mais próxima da universidade com a comunidade, respeitando as concepções de vida da população e  seus  conhecimentos.

Para o World Bank (2008) a Universidade tem a função não só de criar, perpetuar e difundir o conhecimento, mas de criar mecanismos de transferência do conhecimento para a sociedade. Uma das ideias da ciência é o princípio do “comunitarismo” de Merton que exorta que o conhecimento científico é patrimônio da humanidade (Ziman, 2002). Neste aspecto, os países de economias emergentes têm, ainda, o desafio de enfrentar a competitividade global, reduzir a pobreza, modernizar o Estado, mantendo e integração regional (BID, 2013).

Apresentando o programa de extensão universitária entre a Universidade Técnica Particular de Loja (Equador) e a Universidade Católica Boliviana em Chiquitos (Bolivia), denominado Projeto Chiquitos, a convergência deste estudo está no fato de, os participantes do Projeto Chiquitos serem estudantes e/ou recém formados de diferentes áreas desenvolvendo atividades conjuntas com a finalidade de atender a necessidades específicas da Comunidade de San Ignácio de Velasco - Santa Cruz - Bolívia. As atividades envolvem a aplicação criativa de conhecimentos por meio, basicamente, da colaboração, que para tal, é essencial  um ambiente de interação e cultura compartilhados por sentimentos como confiança, estima mútua e empatia (Nonaka e Konno, 1998). 

Aliando as atividades realizadas na Chiquitania Boliviana com a revisão da literatura realizada, evidencia-se, segundo Marimón (2012), o papel da extensão universitária como uma função social e um processo formativo integral dos vínculos entre universidade e sociedade e ressalta também a extensão como uma estratégia mestre na qual impacta todas as áreas universitárias. No Projeto Chiquitos, este impacto é uma realidade, pela influência em áreas como: financeira – onde há uma previsão orçamentária –,  acadêmica – na seleção dos candidatos e planejamento de ações dos acadêmicos–, logística – compra de passagens, acomodações e alimentação dos acadêmicos, entre outros (UCBCh, 2013).

O projeto Chiquitos tem nove anos de desenvolvimento e até o  momento são 51 estudantes de graduação de diferentes áreas e  alunos que já concluíram o curso que colaboram na implementação. O primeiro objetivo cumprido foi a implementação e uso das TIC´s, pensando na vinculação estreita que há com os processos de compartilhamento de conhecimento interno na universidade e projeto, como com a sociedade. Ressalta-se que dentro deste projeto de extensão as pessoas adquirem conhecimentos novos de outras pessoas, já que a interação é muito grande, permitindo na universidade executar uma responsabilidade social, através de uma prática de vida baseada em princípios e valores, segundo Ramos Parra (2010). As pessoas utilizam as TIC´s para armazenar e compartilhar os conhecimentos adquiridos com a finalidade de estabelecer um relacionamento mais próximo.

Compartilhamento este, como preconiza Ramos et al. (2010) que a universidade existe para servir as necessidades da sociedade como um todo, partilham a ideia de “universidade de serviço”, baseado em quatro processos chave: gestão, docência, pesquisa e extensão. Dentro do projeto Chiquitos estes quatro elementos chave se relacionan, permitindo a integração e a participação ativa e efetiva da comunidade universitária, dos grupos de extesão e do entorno no marco da responsabilidade social (UCBCh, 2013).

Ferrer e Guijarro (2007), consideram a ética como a natureza das atividades com estreito apego a os altos princípios morais que se expressam na consideração do bem como base da felicidade individual e na obtenção plena de seu compromisso com a sociedade. Analisando o projeto chiquitos, fica evidente que a vivencia ética está presente em todas as atividades, como um conjunto de valores, permitindo aos participantes do projeto alcançar suas metas, mobilizando sentimentos e externando suas vontades. Neste contexto, para que a ética perpasse das pessoas envolvidas no projeto ao alcance dos compromissos com a sociedade, conforme Ferrer e Guijarro (2007), identificam-se os seguintes valores: democracia, autonomia, excelência, lealdade, solidaridade, responsabilidade e liderança.

Dentro do Projeto Chiquitos se identificam como principais valores a liderança, a responsabilidade, a solidariedade e a excelência, já que os participantes do projeto vivem estes valores dia a dia para conseguir os objetivos e metas propostas, no trabalho com a comunidade de San Ignacio de Velasco.

Neste sentido, Loureiro e González (2010) apontam que, a qualidade da educação superior não se centra exclusivamente nos processos de ensino aprendizagem e na relação entre os professores e estudantes, mas também deve garantir os serviços prestados para a sociedade, que atendam as necesidades da mesma e que esteja presente naquilo que a contemporaneidade exige. O projetos Chiquitos se define como um projeto de Extensão Universitária e seu objetivo é desenvolver pequenos projetos que atendam as necesidades das pessoas da Chiquitania, como por exemplo: capacitação em temas de hotelaria e turismo, por ser uma região turística e a implementação de sistemas agrários pastoris, por ser uma região pecuária.

Do ponto de vista da gestão, Jaspe (2010) contribui com o estudo salientando que, a gestão universitária representa un aspecto estratégico para implementar ações coletivas eficazes que permitam assumir o papel que corrobore com a universidade e a sociedade contemporânea. Deste modo, promover a gestão na universidade, condiz com uma totalidade de ações, planejamento e programas que incluam as três funções, ensino, pesquisa e extensão, mediante a união de gestões específicas que se articulem como uma unidade em benefício dos objetivos institucionais.

Haja vista, o Projeto Chiquitos atender basicamente os elementos que contemplam o cenário da Extensão e Gestão Universitária, é possível identificar a convergência do mesmo com o que a literatura preconiza, pois o foco evidenciado está no aspecto de que a universidade deve fazer um trabalho além dos muros internos, ou seja, transpor as barreiras do ensino e aprendizagem e incomporar em suas atividades os anseios sociais, focar no seu compromisso com a responsabilidade social.

É assim que se desenvolve o trabalho na Chiquitania Boliviana, em condições objetivamente adversas se implementa uma educação de qualidade, flexível, muito adaptada às necessidades reais da região e das pessoas, que servem como mola propulsora no desenvolvimento, adquirindo experiências profissionais e propiciando uma melhoria nas condições de vida dos cidadãos da região.

5. Considerações Finais

O estudo apresentado neste artigo foi de, fazer uma conexão entre o Projeto Chiquitos, na Chiquitania Boliviana, proposto pelas Universidades de Loja (Equador) e da “San Pablo” (Bolívia), com a revisão sistemática da literatura na base Scopus, procurando descrever os aspectos a respeito da Extensão e Gestão Universitária e possível convergência entre ambos.

Com base no que aponta a literatura investigada, pode-se arguir a relevância do marco “responsabilidade social” no que diz respeito a Extensão e Gestão Universitária, onde ressalta-se a necessidade de transpor as fronteiras entre universidade e sociedade, conceber além das funções chave que constituem os pilares da instituição, um ensino efetivamente de qualidade, para a sociedade em sua totalidade. O Projeto Chiquitos apresenta que os participantes desenvolvem atividades e pesquisas voltadas para problemas da região, entando diretamente integrado à sociedade atendendo a necessidades práticas.

Destarte, é nítida a convergência do que a literatura aponta e da prática aplicada pelo Projeto Chiquitos, podendo apresentá-lo como um relevante exemplo de que é possível a realização de um trabalho institucional estruturado e com ênfase no marco da responsabilidade social. As instituições educacionais são responsáveis pelo estímulo aos indivíduos, e mesmo sabendo que se pode aprender individualmente, a aprendizagem é maior nos contextos sociais, pensados e refletidos aqui no âmbito da extensão e gestão universitária.

Elucida-se que o tema não se esgota aqui, pois a partir da pesquisa identifica-se quanto é vasto o campo do estudo e as possibilidades de novas conexões entre o Projeto Chiquitos e outras áreas do conhecimento, como por exemplo, o desenvolvimento de um estudo minuscioso do ponto de vista da Inclusão Digital ou ainda esplorá-lo sob o olhar da Gestão do Conhecimento.

Nesta ótica, percebendo a relevância da discussão sobre o tema apresentado, o artigo objetivou apresentar o Projeto Chiquitos em convergência com a temática da Extensão e Gestão Universitária e ainda, provocar uma reflexão tanto para futuros estudos, quanto para a possibilidade concreta do que se pode realizar a partir do planejamento de uma instituição de ensino focada no compromisso com a sociedade, colocando efetivamente em evidencia sua responsabilidade social, promovendo um ensino pleno e de qualidade.

6. Referências

BID - Banco Interamericano de Desenvolvimento. [em línea]. Atualizada: 2 de julho 2013. [Data de consulta: 10 de junho 2013]. Disponível em: http://www.iadb.org/

Ferrer, T.; Guijarro, M. (2007); “Alta gerencia universitaria. Su visión ética y de valores en el proceso de enseñanza-aprendizaje”,  Revista Venezolana de Gerencia, 12 (38), pp. 218-228.

Freire, P. (1992); “Extensão ou comunicação?”, 10ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra.

Jaspe, A. (2010); “La Gestión de la Extensión Universitaria y el Compromiso Social de la Universidad”; Revista Informe de Investigaciones Educativas, Vol. XXIV. Pág. 101-114. ISSN: 1316-0648. Depósito Legal Pp. 198504DF11.

Loureiro, S.; González, F. (2012); “DUAQUAL: Calidad percibida por docentes y alumnos en la gestión universitaria”, Cuadernos de Gestion 12 (1) , pp. 107-122.

Marimón, M. (2012); “La extensión universitaria desde una perspectiva estratégica en la gestión integral de la universidad médica contemporáne”, Revista Cubana de Educacion Medica Superior 26 (4) , pp. 531-540.

Nonaka, I.; Konno, N. (1998); “The concept of “Ba”: Building a foundation for knowledge creation”, California Management Review, 40(3), 40-54.

Ramos, C. (2010); “Hacia una Cultura de Responsabilidad Social Universitaria”, CICAG - Centro de Investigación de Ciencias Administrativas y Gerenciales, 7 (2), 97-113. [Data da consulta: 10 de junho de 2013] Disponível em: http://www.publicaciones.urbe.edu/index.php/cicag/article/viewArticle/364

Ramos C.; García J.; Pérez Y. (2010); “La universidad de servicio como paradigma de la educación superior”, Revista de Ciencias Sociales 17 (1) , pp. 48-58.

Rocha, R.; Gurgel M. (1986); “Extensão  Universitária:  Comunicação  ou  Domesticação?”,São Paulo: Cortez.

Santos A.; Galdo A.; Machado E.(2010); “Criação do conhecimento: análise do ambiente no Projeto de Extensão Universitária Chiquitos”. Artigo de Disciplina de Fundamentos de Gestao do Conhecimento.

Stokes, D. (2005); “O quadrante de Pasteur: a ciência básica e a inovação tecnológica”, Campinas: Editora da Unicamp.

Triviños, A. (2011); “Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação”,  São Paulo: Atlas.

Ursi, E. Gavão, C. (2006); “Prevenção de Lesões de Pele no Perioperatório: Revisão Integrativa da Literatura”, Ver Latino-am Enfermagem, janeiro-fevereiro.

UTPL. Universidade Técnica Particular de Loja. [em linea]. Atualizada: 01 de junho 2013. [Data de consulta: 04 de junho 2013]. Disponível em: www.utpl.edu.ec/blogproyectochiquitos/

UCBCh. Universidade Católica Boliviana San Pablo – Chiquitos. [em linea]. Atualizada: 30 de agosto de 2012. [Data de consulta: 04 de junho de 2013]. Disponível em: www.ucbch.edu.bo/

World Bank (2008); “Annual World Bank Conference on Development Economics 2008”, Regional: higher education and development. Washington: World Bank.

Ziman, J. (2002); “Real science: what is, and what it means”, Cambridge: Cambridge University Press.


1 Profª Ma. Universidad Técnica Particular de Loja (UTPL) – Ecuador. Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento da Universidade Federal de Santa Catarina - PPGEGC/UFSC. E-mail: anasantos944@gmail.com
2 Profª Ma. Secretaria de Educação do Estado de Santa Catarina (SED/SC) – Brasil. Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento da Universidade Federal de Santa Catarina - PPGEGC/UFSC. E-mail: carlabws@gmail.com
3 Profª Drª do Programa de Pós-graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento da Universidade Federal de Santa Catarina – PPGEGC/UFSC Brasil. E-mail: ggtude@gmail.com
4 Prof. Dr. do Programa de Pós-graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento da Universidade Federal de Santa Catarina – PPGEGC/UFSC – Brasil. E-mail: jbosco@egc.ufsc.br


Vol. 34 (10) 2013
[Índice]

[En caso de encontrar algún error en este website favor enviar email a webmaster]